São Paulo não perde para o Vasco desde 2012; conheça o “tabu”

Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Vasco x São Paulo será um dos grandes jogos da trigésima quarta rodada do Brasileirão. As equipes, que já foram tidas como candidatas ao rebaixamento, hoje sonham com uma vaga na Copa Libertadores. O duelo tem um ingrediente a mais: o time cruzmaltino não vence o Tricolor há cinco anos.

O confronto entre Vasco x São Paulo é historicamente equilibrado. No total, foram oitenta e seis partidas, com trinta e uma vitórias tricolores, vinte e cinco empates e trinta triunfos vascaínos. A vantagem no histórico, que pertenceu ao Gigante da Colina por muito tempo, mudou de mãos nos últimos anos. A vitória por 1×0 no primeiro turno do Brasileirão de 2017, por exemplo, foi fundamental para que o SPFC se tornasse o grande vencedor do confronto.

A última vitória do Vasco ante o São Paulo aconteceu no primeiro turno do Brasileirão de 2012. Em pleno Morumbi, o Vasco fez 1×0, com gol de Fagner – atualmente no Corinthians.

De lá para cá, foram oito confrontos entre as duas equipes. O São Paulo venceu em seis oportunidades, enquanto as outras duas partidas acabaram empatadas. No período, aconteceram duas goleadas a favor do Tricolor – 5×1 no Brasileirão de 2013 e 4×0 em 2015.

Coincidentemente, o Vasco tem dificuldades para jogar contra o São Paulo em casa. A última vitória cruzmaltina ante o SPFC como mandante aconteceu no Brasileirão de 2005: 3×1.

O “jejum” vascaíno contra o São Paulo coincide com a pior fase da história do time da Zona Norte carioca. De 2012 para cá, o Vasco foi rebaixado duas vezes para a Série B e voltou sem ser campeão da segunda divisão nacional. Nem mesmo o bicampeonato carioca (2015 e 2016) foi suficiente para alegrar completamente a torcida.

LEIA MAIS
COM DORES, LUIS FABIANO PODE AMPLIAR LISTA DE BAIXAS DO VASCO CONTRA O SÃO PAULO
SÃO PAULO NUNCA VENCEU A CHAPECOENSE EM CASA; VEJA O HISTÓRICO
#SAOPAULINASUNIFORMIZADAS: CONHEÇA O GRUPO QUE PEDE CAMISAS FEMININAS
SE VENCER, VASCO EMPATA O CONFRONTO HISTÓRICO CONTRA O SÃO PAULO; VEJA