Quem é o maior campeão brasileiro da história? Veja o top-10

Corinthians Brasileirão Quem é o maior campeão brasileiro
Foto: Divulgação/CBF

Você sabe quem é o maior campeão brasileiro da história? Qual clube faturou mais títulos nacionais no país? Indo muito além dos estaduais e torneios regionais, que não entraram nesta contagem, o Torcedores.com contabiliza os vencedores das principais competições que já envolveram equipes de todo o Brasil e mostra o ranking atualizado.

Para realizar a contagem, relembramos as principais competições nacionais que existiram no Brasil ao decorrer da história. Ao final, destacamos o polêmico Brasileirão de 1987, que segue, até hoje, com um impasse quanto ao grande campeão. Campeonato Brasileiros das Séries B, C e D não entraram na contabilização.

Campeonato Brasileiro

Depois de longas discussões, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) passou a considerar como “Brasileirão” os títulos que precederam o Campeonato Nacional de Clubes, criado em 1971 e, por muito muito tempo, considerado pela entidade como sendo a primeira edição do Campeonato Brasileiro.

Antes, existiram a Taça Brasil, entre 1959 e 1968, e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, conhecido como Robertão, que teve início em 1967 e se tornou na primeira competição a englobar os principais clubes do país. Em 1968, a CDB passa a denominar a competição como Taça de Prata, a qual foi sucedida por Campeonato Nacional de Futebol, em 1971.

O nome “Brasileirão” passou a ser considerado em 1989, mas o torneio também já foi chamado de “Copa Brasil”, “Taça de Ouro” e “Copa União”. Em 2000, a escolha foi por “Copa João Havelange”

Em 2010, a CBF unificou os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata aos títulos brasileiros a partir de 1971. Desta forma, o Palmeiras aparece como o maior vencedor com 9 conquistas, sendo duas em 1967, seguido por Santos, com 8, Corinthians, São Paulo, com 5 cada.

Copa do Brasil

Segunda competição mais relevante do país na atualidade, a Copa do Brasil foi criada em 1989 e é disputada no sistema eliminatório. Em seu regulamento, estão previstos confrontos em um ou dois jogos, dependendo da fase do torneio.

Inicialmente, 32 clubes, de todo o país, participavam da Copa do Brasil. Após, houve acréscimo no número de times que, em 2017, chegou em 91.

Os maiores vencedores são Grêmio e Cruzeiro, atual campeão, que ficaram com a taça em cinco oportunidades cada. Os segundos colocados no ranking são Flamengo, Corinthians e Palmeiras, com três títulos cada.

Copa dos Campeões Estaduais

Também conhecida como Torneio dos Campeões, foi uma das primeiras competições disputadas em âmbito nacional. Ao todo, somente duas edições com este nome foram realizadas, em 1920 e 1937, sendo vencidas por Paulistano e Atlético-MG, respectivamente.

Em 1931 e 1967 o torneio foi disputado, mas sem muito prestígio. Em 31, conquistados pelo Botafogo, foi até mesmo chamado de Taça Rio-Sul pela imprensa da época. Já em 67, quando do título do Bangu, foi um torneio disputado por apenas quatro clubes e que contou com organização da Federação Mineira de Futebol.

Torneio dos Campeões da CBD

O Torneio dos Campeões foi realizado em 1969 e teve como objetivo decidir o representante brasileiro na Copa Libertadores da América de 1970. Os participantes foram Grêmio Maringá (campeão do Torneio Centro-Sul de 1968), Sport Recife (campeão do Torneio Norte-Nordeste de 1968), Botafogo (campeão da Taça Brasil de 1968) e Santos (campeão do Roberto Gomes Pedrosa de 1968).

Durante as disputas, a Confederação Brasileira de Desportos (CBD, atual CBF) decidiu não enviar nenhum representante para a Libertadores. O Grêmio Maringá, que havia eliminado o Sport e disputaria uma jogo-desempate com o Santos por uma vaga na decisão, contou com as desistências do próprio Peixe e do Botafogo para ficar com o título. O torneio não teve uma final.

Copa dos Campeões da Copa Brasil

Competição oficial organizada pela CDB e realizada apenas em 1978, a Copa dos Campeões da Copa do Brasil foi criada com o objetivo de aumentar as rendas dos grandes clubes, mas não passou de uma edição.

Os participantes foram três dos primeiros campeões brasileiros: Atlético-MG (1971), Vasco (1974) e São Paulo (1977). O Palmeiras, vencedor em 1972 e 1973 preferiu não ir para a disputa para preservar seus jogadores, enquanto o Internacional, que ganhou em 1975 e 1976, foi excluído pela CBD.

O campeão acabou sendo o Atlético-MG, que venceu o São Paulo, nos pênaltis, após passar pelo Vasco.

Torneio dos Campeões

Realizado pela CBF somente em 1982, o Torneio dos Campeões movimentou 18 clubes de todo o país. Os escolhidos para participar foram os campeões e vices de competições nacionais oficiais já disputadas no Brasil. Além deles, o América-RJ, clube mais havia disputado competições da CDB e da CBF foi convidado. A exceção ficou por conta do Flamengo, que preferiu realizar uma excursão pelo exterior.

Na primeira fase, as equipes foram divididas em quatro grupos, sendo dois com cinco e outros dois com quatro participantes. Depois de turno e returno, os primeiros colocados de cada grupo em cada um dos dois turnos avançaram para as quartas de final.

O campeão foi o América-RJ, que bateu o Guarani, por 2×1, na decisão.

Supercopa do Brasil

A Supercopa foi realizada em 1990 e 1991 e disputada entre os campeões da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Muitos anos depois, em 2015, chegou a ser especulado que a CBF estaria planejando o reinício do torneio, o qual não foi confirmado.

Em 1990, depois de dois jogos, o Grêmio venceu o Vasco por 2×0 no Olímpico, ficou no 0x0 na volta e ficou com o título. Já em 1991, em partida única, o Corinthians foi o vencedor ao fazer 1×0 no Flamengo.

Copa dos Campeões

Realizada pela primeira vez em 2000, a Copa dos Campeões surgiu com o objetivo de determinar o representante do país na Libertadores. Nos dois primeiros anos, os participantes foram os campeões do Campeonato Paulista, do Campeonato Carioca, do Torneio Rio-São Paulo e da Copa do Nordeste. Além destes, conseguiram vaga os finalistas da Copa Sul Minas e os do triangular realizado entre os vencedores da Copa Norte (existente 1997 a 2002), da Copa Centro-Oeste (disputada nove vezes entre 1967 e 2002), e o vice-campeão da Copa Nordeste.

Já em 2002, 16 equipes participaram da disputa: o campeão de 2001, os vencedores da Copa Norte e da Copa Centro-Oeste, os 6 primeiros colocados do Torneio Rio-São Paulo, os semifinalistas da Copa Sul Minas e os 3 melhores da Copa do Nordeste.

Os vencedores da Copa dos Campeões foram Palmeiras (2000), Flamengo (2001) e Paysandu (2002).

Confira agora, o Top-10 dos maiores campeões do Brasil

1. Palmeiras (13 títulos)¹: 9 Campeonatos Brasileiros (1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994 e 2016), 3 Copas do Brasil (1998, 2012 e 2015) e 1 Copa dos Campeões (2000)

2. Corinthians (11 títulos): 7 Campeonatos Brasileiros (1990, 1998, 1999, 2005, 2011, 2015 e 2017), 3 Copas do Brasil (1995, 2002 e 2009) e 1 Supercopa do Brasil (1991)

3. Flamengo (9 títulos)²: 5 Campeonatos Brasileiros (1980, 1982, 1983, 1992 e 2009), 3 Copas do Brasil (1990, 2006 e 2013) e 1 Copa dos Campeões (2001)

3. Santos (9 títulos): 8 Campeonatos Brasileiros (destes, 6 oficializados da Taça Brasil – 1961, 1962, 1963, 1964, 1965 e 1968) – 2002 e 2004 e 1 Copa do Brasil (2010)

3. Cruzeiro (9 títulos): 4 Campeonatos Brasileiros (1966, 2003, 2013 e 2014) e 5 Copas do Brasil (1993, 1996, 2000, 2003 e 2017)

6. Grêmio (8 títulos): 2 Campeonatos Brasileiros (1981 e 1996), 5 Copas do Brasil (1989, 1994, 1997, 2001 e 2016) e 1 Supercopa do Brasil (1990)

7. São Paulo (6 títulos): 6 Campeonatos Brasileiros (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008)

8. Fluminense (5 títulos): 4 Campeonatos Brasileiros (1970, 1984, 2010 e 2012) e 1 Copa do Brasil (2007).

8. Vasco (5 títulos): 4 Campeonatos Brasileiros (1974, 1989, 1997 e 2000) e 1 Copa do Brasil (2011).

10. Internacional (4 títulos): Campeonatos Brasileiros (1975, 1976 e 1979) e 1 Copa do Brasil (1992).

10. Atlético-MG (4 títulos): Campeonato Brasileiro (1971), Copa do Brasil (2014), Copa dos Campeões da Copa Brasil (1978) e Copa dos Campeões Estaduais (1937).

¹ Em 1967, o Palmeiras conquistou os títulos da Taça Brasil e também do “Robertão”. Com isso, após a unificação das conquistas pela CBF, ficou com duas conquistas no mesmo ano.

²E o Brasileirão de 1987? Flamengo ou Sport? Quem é o campeão?

A definição quanto ao campeão brasileiro de 1987 se arrasta ao longo dos anos e, ‘vira e mexe’, ganha novas ‘verdades’. Em 2011, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), através de Resolução da Presidência nº 02/2011, reconheceu o Sport Club Recife e o Clube de Regatas do Flamengo como campeões brasileiros de 1987.

Em seu site oficial, a instituição máxima do futebol no Brasil passou a considerar as duas equipes, campeões da Taça Brasil e da Taça de Prata, como vencedores do título.

Já em abril de 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou apenas o Sport como vencedor do torneio. Na oportunidade, cinco ministros não aceitaram uma reivindicação do Flamengo.

No último mês de outubro, o time carioca apresentou um recurso no STF para voltar a ser declarado como único campeão do torneio. O imbróglio, no entanto, ainda não teve uma definição concreta.

E para você, torcedor, que é o Campeão de 87? Flamengo ou Sport? O certo é que a discussão segue, e vai continuar por muitos anos, gerando polêmica.

LEIA MAIS:

CONFIRA A SELEÇÃO DOS 11 JOGADORES MAIS VALIOSOS DO BRASILEIRÃO 2017
CONFIRA QUAIS SÃO OS CINCO GOLEIROS MAIS VALIOSOS DO BRASILEIRÃO 2017
RODRIGO CAIO E MINA SÃO OS ZAGUEIROS MAIS VALIOSOS DO BRASILEIRÃO; VEJA O TOP-5



Estudante do 8º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.