Hoje no Genoa, Centurión fala pela primeira vez sobre sua saída do Boca Juniors

Centurión
Foto: Divulgação/Site Oficial do Boca Juniors

Durante entrevista a Rádio La Red, o atacante Ricardo Centurión falou pela primeira vez sobre sua saída do Boca Juniors. Hoje no Genoa, da Itália, o atleta admitiu erros no clube argentino e demonstrou seu desejo de retornar ao time Xeneize no futuro.

“Gostaria muito de voltar ao Boca, fui feliz lá, mas sou um cara inquieto, e não poderia fazer isso. Voltar para ficar em casa trancado com minha mulher? Às vezes, eu saía e pensava por que não fiquei em casa jogando cartas ou videogame”, diz o jogador.

Mesmo com os problemas cometidos no Boca Juniors, o atleta diz que sofreu perseguição no clube: “Fiz minhas cagadas, mas também me perseguiram muito. Eu me sentia perseguido por minha própria sombra. Foram tantas coisas que aconteceram, que Guillermo [o treinador Guillermo Barros Schelotto] já não tinha forças para me defender. Ele tinha razão”, destacou.

O jogador revelou que errou até o último dia no clube Xeneize: “Falhei até o último dia. Não podia dizer nada a Guillermo, só apertar a mão dele e ir embora. Ele me bancou até onde conseguiu”, completou.

LEIA MAIS:
JORGE FOSSATI SE ANIMA COM A CHANCE DE ASSUMIR O COMANDO DO DEPORTIVO CALI
VOLANTE TROCA O BRASIL PELA GRÉCIA, MAS NÃO ESCONDE SEU CARINHO PELO FLUMINENSE
RIVER PLATE X BOCA JUNIORS: ASSISTA OS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com