Palmeiras exibe cartazes de desaparecidos durante o hino contra o Bahia; entenda ação

Fábio Menotti/ Ag. Palmeiras

Antes do jogo contra o Bahia, no Pacaembu, os jogadores do Palmeiras entraram com crianças no gramado e cartazes de outras 11 desaparecidas durante o hino nacional nesta quinta-feira, feriado do Dia das Crianças. A ação foi tomada em conjunto com a agência Peppery e a ONG “Movimento Mães da Sé” com o objetivo de auxiliar famílias que buscam filhos ou parentes desaparecidos.

A assessoria do Palmeiras revelou antecipadamente aos jornalistas de que o clube iria realizar a ação em vários momentos no duelo contra o Bahia. A reportagem do Torcedores.com teve acesso à folha que explicava a atitude dos atletas palestrinos perfilados no momento do hino.

Foto: Allan Simon/Torcedores.com

As redes sociais do Palmeiras acompanharam a iniciativa em tempo real com dados significativos sobre o tema, sempre com a hashtag #Desaparecidos.

Além disso, o Twitter do Palmeiras fez uma “interação” com os seguidores. Quando o técnico Cuca definiu os 11 titulares para a partida, o clube a exibiu sem três nomes – Dudu, Moisés e Prass. Em seguida, para quem não tinha entendido, veio a explicação.

Confira!

LEIA TAMBÉM:
Com futuro incerto, Lucas Lima não descarta jogar no Palmeiras: “Vou querer ficar desempregado?”



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.