NBA: Análise Conferência Oeste

Crédito da Foto: Reprodução / Twitter Oficial Golden State Warriors

A temporada 2017-2018 da NBA começa nesta terça-feira (17) com um jogo entre Cleveland Cavaliers e Boston Celtics. Também nesta primeira rodada teremos Golden State Warriors e Houston Rockets. Esta tem tudo para ser uma das melhores temporadas do melhor basquete do mundo. A transmissão da NBA fica por conta da ESPN e da Sportv. Confira a análise da conferência oeste:

Todos a caça do Golden State Warriors

Sabemos que o Golden State Warriors é o time a ser batido na NBA. Nas últimas três finais, a equipe venceu duas, pulverizando todos os times que enfrentou nos playoffs e vencendo com alguma folga o Cleveland Cavaliers, finalista nas três ocasiões. A chegada de Kevin Durant deu profundidade a uma equipe que já tinha no elenco Klay Thompson e Stephen Curry. Draymond Green continua um monstro na defesa e o banco conta com os competentes Andre Iguodala e Shaun Livingston.

Rocktes e Thunder em alto nível

Para tentar bater de frente com os Warriors, Houston Rockets e Oklahoma City Thunder investiram pesado para esta temporada. Os Rockets renovaram com James Harden e trouxeram o fora de série Chris Paul. Junto com Trevor Ariza e Clint Capela, essa dupla pode fazer um estrago em Houston. Já em Oklahoma temos uma bela panela: Paul George e Carmelo Anthony se juntam a se juntam a Russel Westbrook. Depois da temporada solitária de Westbrook, o Thunder investiu para voltar a figurar entre os melhores times da liga e quem sabe voltar a uma final.

Timberwolves e Kings podem surpreender

É bom ficarmos de olho nessas duas franquias: Minnesota Timberwolves e Sacramento Kings. A tradicional franquia de Minnesota fez uma troca insana com o Chicago Bulls, recebendo o ala Jimmy Butler. A equipe ainda recebeu o promissor Justin Patton via draft. Com um Andrew Wiggins motivado e um Karl-Anthony Towns dominante no garrafão, a equipe comandada por Tom Thibodeau pode surpreender e voltar aos playoffs. Os Kings contrataram os experientes Zach Randolph e George Hill, que podem dar suporte aos garotos Justin Jackson, Harry Giles e o excelente De’Aaron Fox. Olho nesse garoto vindo da universidade de Kentucky, que pode causar um impacto imediato na NBA e ajudar os Kings a beliscar uma vaga nos playoffs.

LEIA MAIS:
Relembre as principais contratações da NBA em 2017