Jô aciona Atlético-MG na justiça e cobra indenizações do seu ex-clube

(Bruno Cantini/Flickr Atlético-MG

O atacante Jô, ex-Atlético e hoje defendendo as cores do Corinthians, acionou o Galo na justiça do Trabalho. Segundo informações divulgadas pelo Globoesporte.com e UOL Esporte, o jogador que defendeu o clube mineiro entre os anos de 2012 e 2014, alega ter direito a receber indenização por convocações para a Seleção Brasileira, direito de arena e uma multa na demora do pagamento da rescisão de contrato.

A ação foi registrada na 20ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. Anteriormente, o processo havia sido arquivado pelo juiz Claudio Roberto de Castro, pois entendia que o mesmo não preenchia os requisitos legais para dar andamento. Porém, o advogado de Jô recorreu a decisão inicial e assim foi determinado prosseguimento.

De acordo com a reportagem, para ceder seus atletas para a disputa da Copa do Mundo, o Atlético recebeu da CBF um valor que gira em torno dos US$ 300.533,00. Os representantes do atacante entendem que seu cliente teria direito a R$ 337.456,00 de todo o montante.

Em relação ao direito de arena, sua defesa alega que Jô não recebeu o pagamento em sua totalidade. Na sua visão, teria direito a receber R$ 425.500,43. Além disso, uma verba rescisória, cerca de R$ 110 mil.

Nos próximos dias, uma audiência será marcada.

LEIA MAIS:

OTERO MOSTRA INSATISFAÇÃO COM A RESERVA E MANDA RECADO PARA MICALE
ATLÉTICO PODE TER ATÉ DUAS NOVIDADES PARA JOGO CONTRA O AVAÍ
MÃE DE ZAGUEIRO DO ATLÉTICO-MG É AGREDIDA E DEIXA ESTÁDIO NA AMBULÂNCIA
SOBRE SUBSTITUIÇÃO, LUAN DISPARA: “JOGADOR DECISIVO NÃO TEM QUE FICAR SAINDO TODA HORA”