Atletas do time feminino do São Francisco querem deixar o clube

Reprodução: Site Prefeitura São Francisco do Conde - BA

Atletas do time feminino do São Francisco, que disputa o Campeonato Baiano, fizeram um desabafo no Facebook e criticaram duramente a diretoria da equipe, alegando maus tratos, agressões verbais e humilhação pública por parte da comissão técnica contratada em 2016.

Segundo a matéria do site “A Tarde”, algumas jogadoras, que não se identificaram, afirmaram que deixariam o clube se não houvesse a demissão da comissão técnica. Não se sabe ao certo quantas pessoas sairiam do time.

O técnico da equipe, André Luis Pereira de Aragão, conhecido como André Beijoca, comandou o time durante parte do Campeonato Brasileiro no início de 2017. Ele chegou a deixar o cargo, mas retornou a pedido da diretoria do São Francisco. O presidente da equipe, Donato Conceição, alega que a culpa de tudo o que está acontecendo é do antigo coordenador técnico da equipe, Mario Figueiras, pois as jogadoras não teriam aceitado sua demissão.

O secretário de esportes de São Francisco do Conde, Aloísio Oliveira, afirmou que o município continuará o apoiando a equipe, pois é um colaborador do futebol feminino. A equipe do site “A Tarde” não conseguiu falar com Mário Figueiras. Vale lembrar que o time do São Francisco já conquistou 15 campeonatos estaduais.

LEIA MAIS:
SPORTPROMOTION CANCELA TORNEIO DE FUTEBOL FEMININO EM 2017
TÉCNICO DAS SEREIAS DA VILA ELOGIA RIVAL PELA SEMI DO PAULISTÃO: “EXTREMAMENTE QUALIFICADO”
PELA ÚLTIMA RODADA DA SEGUNDA FASE DO PAULISTA FEMININO, PORTUGUESA PERDE PARA O CORINTHIANS