Diana Santos prega “pés no chão” para o Leoas da Serra contra o Iranduba

Diana (7) comemora com Amandinha, a grande vitória em Manaus. (Ivan Ruela/Torcedores)

 

O time das Leoas da Serra recebe o Iranduba nesta noite (20h de Brasília), em Lages, pelo jogo de volta da final da Copa do Brasil feminina de futsal.

No jogo de ida em Manaus, as catarinenses golearam por 5 a 1, numa exibição de alto nível, sobretudo da pivô e capitã Greice, e da fixa Diana Santos. Contudo, uma simples vitória da equipe do Amazonas, leva o jogo para a prorrogação, uma vez que o saldo de gols não interfere no regulamento da competição.

A fixa Diana Santos, de apenas 24 anos, mas com mundiais pela seleção e libertadores no currículo. contou ao torcedores sobre as expectativas para a Leoas para a grande decisão desta noite. Para a ela, a equipe está ao mesmo tempo confiante e segura de que nada está decidido:

“Apesar dessa vitória e da vantagem do empate que conseguimos para o jogo de volta aqui em Lages, não ganhamos nada ainda pois só acaba no apito final. Vamos entrar com os pés no chão e sabendo que precisamos correr muito para construir um placar vitorioso a nosso favor”.

O fato de o Iranduba ter jogadoras provenientes do estado de Santa Catarina, algumas velhas conhecidas das Leoas, também foi observado pela fixa.

“Algumas atletas já conhecemos e por saber da qualidade individual delas, vamos dar devida atenção, pois são meninas rápidas no contra-ataque, então vamos tentar neutralizar esse ponto forte delas.”

 

LEIA MAIS

Mesmo sem Djenifer, Iranduba viaja confiante para SC

Com a estimativa de lotação máxima no Ginásio Jones Minosso, Santos aponta a importância do torcedor lageano nos jogos das Leoas:

“Jogar com a torcida do nosso lado é muito favorável para nós por que nos incentivam e nos dão força para dar aquele gás a mais quando o cansaço começa a bater. Mesmo com o Iranduba ter feito partidas com um público muito grande no futebol, no futsal é diferente, pelo fato da torcida estar mais perto da quadra e interagir com nós atletas. ” Finaliza, a jogadora do Leoas e do Brasil.