CONHEÇA O FUTEBOL NA CORÉIA DO NORTE

Reprodução: Facebook Futebol na Coreia do Norte

A Coréia do Norte, um dos países mais polêmicos do planeta, também tem histórias interessantes no futebol.

A Coréia do Norte, talvez o país mais nocivo do mundo é frequentemente visto em nossos telejornais. Liderado por Kim Jong-Un, o país tem cerca de 25 milhões de habitantes. Está localizado na Ásia e faz fronteira com Coréia do Sul e China. Sua capital é Pyongyang. Ao pensar em Coréia do Norte, pensamos em guerra, armas e exércitos. Mas e o futebol?

Começando pelo campeonato norte-coreano, disputado desde 1960, só teve informações divulgadas a partir de 1984. Portanto não se sabe quem são os primeiros vencedores.

Países comunistas como esse não possuem profissionalização de seus campeonatos, os salários são pagos pelo governo em forma de auxílio. Por isso, os campeões nacionais não participam de campeonatos da Federação Asiática de Futebol.

Confira abaixo a lista dos maiores campeões norte-coreanos:

April 25 (16 títulos);

Pyongyang City (6 títulos);

Kigwancha (5 títulos);

Amrokkgang (2 títulos);

Chandongja (1 título).

A maior rivalidade é entre April 25 e Pyongyang City, ambos da capital. O time recebe o nome de April 25, pelo fato da fundação das Forças Armadas Norte-Coreanas ser realizada neste dia, no ano de 1949. O exército norte-coreano conta com mais de 1,2 milhões de soldados, sendo um dos maiores do mundo.

Seleção Norte-Coreana

A seleção da Coréia do Norte filiou-se à FIFA em 1945. Disputou a Copa do Mundo duas vezes, uma delas entrou para a história do futebol mundial.

Em 1966, na Copa da Inglaterra, os norte-coreanos avançaram para as quartas de final eliminando na fase de grupos ninguém menos que a Itália. Os asiáticos perderam para a União Soviética, empataram com o Chile e venceram os italianos.

Já na fase mata-mata, foram eliminados por Portugal. Após estar vencendo por 3 a 0, sofreram cinco gols (sendo quatro de Eusébio) e acabaram eliminados. Os jogadores foram aplaudidos quando aterrissaram em solo nacional.

A espera para disputar outro mundial foi grande. Após 44 anos, os norte-coreanos disputavam outra Copa do Mundo, o da África do Sul, em 2010. O resultado foi muito abaixo do esperado, levando 12 gols e marcando apenas um. Uma das imagens que entraram para a história foi o jogador Jong Tae-Se chorando loucamente durante o hino no jogo contra o Brasil, algo raro de se ver nos dias de hoje.

A seleção feminina de futebol já levou o ouro nos Jogos Asiáticos de 1978, Universíada de 2003 e 2007. O país investe cada vez mais no futebol feminino e já ocupa a 10ª colocação no ranking da FIFA.

LEIA MAIS:
LESTE EUROPEU: CONHEÇA O FUTEBOL DA UCRÂNIA
COREIA DO NORTE CONQUISTA COPA DO MUNDO FEMININA SUB-17
CORRESPONDENTE DO SPORTV RELEMBRA COBERTURA NA COREIA DO NORTE: “FOI O TRABALHO MAIS DIFÍCIL QUE JÁ FIZ



Gustavo Nunes, morador de São Paulo/SP e estudante de Jornalismo. "Busco trazer informações relevantes sobre assuntos não muito explorados dentro do futebol."