Bella Falconi detalha dieta da filha Vicky, de dois anos, e afirma: “Jamais vou forçá-la a fazer nada com relação a academia”

Bella Falconi, a musa fitness brasileira mais conceitudada nas redes sociais, detalha a dieta da sua filha Vicky, de dois anos, e fala sobre a possibilidade da pequena se interessar por atividades físicas no futuro.
“A dieta da Vicky é super balanceada, ela come arroz, feijão, muitas verduras, carnes… Apesar de eu não comer, dou para ela carne vermelha duas vezes por semana, além de frango e peixe porque entendo que ela está em fase de desenvolvimento e precisa de alimentos mais específicos, não como um adulto que pode suplementar na falta de alguma vitamina. Prefiro que ela obtenha todas as vitaminas a partir da alimentação e ela tem se alimentado muito bem. Vale lembrar que a deficiência de vitaminas é problemático, mas o excesso também. Então é sempre importante conversar com um profissional para que ele oriente melhor com relação às necessidades de cada criança”, detalha a morena que é formada em Ciência da Nutrição pela Universidade Kaplan e agora fazendo mestrado em Nutrição Aplicada pela Northeastern University, nos Estados Unidos.
Ela, no entanto, ressalta que não é neurótica com relação à alimentação da filha: “Como toda criança permito que ela coma de vez em quando algo fora da dieta. Um brigadeiro em uma festa, um chocolate, um pirulito no fim de semana, algumas batatas fritas… Não sou neurótica com isso pois sei que a dieta dela de uma forma geral é bem saudável. Então não me preocupo que ela coma alguma coisa que seja fora desta dieta. Agora há limites e riscos, obviamente. Vemos muitas crianças tomando muito refrigerante, comendo muita fritura, muito fast-food e isto é muito perigoso porque você já está não só modulando o paladar da criança para gostar deste tipo de comida durante a vida adulta, mas também o organismo. Danifica as células e as consequências vão ser colhidas progressivamente ao longo da vida dessa criança. Não dou para ela refrigerante, espero que ela nunca beba porque refrigerante é uma coisa que realmente abomino na vida. Coloco bastante limite de porção e de frequência. Obviamente respeito limites e uso bom senso sempre”.
“Sou um pouco contra qualquer tipo de exagero, então qualquer coisa que tire a criança da infância dela para mim já é um pouco de loucura. Vou deixar minha filha ser criança o tempo que ela quiser ser criança. E o esporte que ela escolher fazer vou apoiá-la e jamais vou forçá-la a fazer absolutamente nada com relação a academia, nada disso. A criança já tem uma inclinação natural ao esporte, principalmente aqui nos Estados Unidos que as escolas incentivam muito. Então de ver os coleguinhas fazendo elas acabam querendo fazer também. E como aqui em casa a gente pratica esporte, no caso academia, bicicleta e etc, ela já vai crescer vendo isso muito naturalmente. Então imagino que ela já vá querer praticar algum esporte”, completa a beldade.
Com 32 anos e um abdômen pra lá de trincado, Bella Falconi fala sobre como pode ser o corpo de Vicky no futuro: “Ter um abdômen trincado vai depender muito da genética dela, muito do tipo de atividade física que ela vai gostar de fazer e da alimentação que ela vai continuar seguindo. Dou o exemplo, ensino a lição, mas nem sempre temos 100% de controle em cima disso. Espero que ela continue sendo saudável, mas se ela vai querer ter abdômen definido ou não é uma decisão pessoal dela que jamais irei interferir”.
Foto: Leo Soares / MF Press Global
Foto: Leo Soares / MF Press Global