Médico da Jamaica explica ‘lesão’ de Usain Bolt no Mundial de Atletismo

Usain Bolt
Foto: Reprodução

O adeus de Usain Bolt aconteceu de forma inesperada neste sábado (12). Na final do revezamento 4×100 masculino do Mundial de Atletismo de Londres, Bolt sentiu dores nos metros finais da prova. O jamaicano era o último a correr pela equipe.

Médico responsável pela equipe da Jamaica, o doutor Kevin Jones informou, através de um comunicado de imprensa, o que aconteceu com a lenda nas pistas. Kevin anunciou que o raio caiu porque sentiu fortes cãibras:

Foi cãibra na parte de trás da coxa esquerda, mas muito da dor foi da decepção de perder a corrida. As últimas três semanas foram difíceis para ele, você sabe. Esperamos o melhor para ele – declarou.

REVEJA A PROVA:

Após a prova, Usain Bolt foi direto para o departamento médico e não passou pela área de entrevistas. Neste domingo (13), está programada uma volta olímpica para o raio, mas após a lesão, não sabemos se ele terá condições de realizar a programação. O atleta foi medalha de bronze nos 100m rasos, no último domingo.

Em entrevista ao SporTV, o parceiro da Jamaica, Omar McLeod, afirmou que Bolt não fez queixa alguma no aquecimento.

REVEZAMENTO 4X100 MASCULINO

O ouro do revezamento 4x100m ficou com a Grã-Bretanha, com tempo de 37s47. Os Estados Unidos terminaram em segundo, com 37s52. E o bronze ficou com o Japão, com 38s04.



Dennys Carvalho é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdade Integradas Alcântara Machado) e apaixonado por esportes. Já trabalhou na Rádio Escuta/Produção da REDETV!, operador de TV de uma empresa de monitoramento de mídia e Pós-Graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte.