Com atrasos salariais, Mogi Mirim dá W.O. em jogo da Série C

Divulgação/Site Oficial do Ypiranga-RS

O Campeonato Brasileiro da Série C viveu neste sábado (12) uma situação lamentável e desagradável. A partida envolvendo Mogi Mirim e Ypiranga (RS), não aconteceu pelo fato do time paulista ter dado W.O. diante da equipe gaúcha, no estádio Vail Chaves. O motivo são os atrasos no pagamento de salários aos jogadores.

De acordo com o Globoesporte.com, os atrasos chegam a somar até três meses. A decisão de não entrar em campo foi anunciada durante a semana pelos jogadores do Sapão, que protestam contra a situação do clube e seu presidente, Luiz Henrique de Oliveira.

Havia a esperança de que uma parte dos salários atrasados fosse paga sexta-feira (11) passada. Entretanto, como este pagamento não aconteceu, a decisão de não participar da partida contra o Ypiranga foi confirmada. Uma reunião de jogadores com a diretoria resultou em fracasso e, assim o W.O. aconteceu.

“A gente queria ficar em outra situação. É coisa muito triste no futebol, a garotada brigando pelo seu sonho e a gente brigando para jogar. Jogar aqui é muito legal, mas durante a semana a situação é muito dura”, comentou o meia Cristian a Rádio Visão.

“Ele (presidente) não pagou e não fomos para o jogo. O presidente inventou uma história, mas chega de promessas. Ele foi arrogante, como se não tivéssemos direito nenhum para reivindicar. Ele até falou que tínhamos que sair do alojamento e ficar na rua”, completou.

Luiz Henrique de Oliveira afirmou que o Mogi Mirim deve abandonar a Série C com o W.O. diante do Ypiranga. O Sapão é o lanterna da Grupo B, com dez pontos ganhos e corre o risco de ser suspenso de competições nacionais por até dois anos, segundo o regulamento da CBF, caso abandone de vez o certame.

“Falei o seguinte a eles (os jogadores): se vocês não vão entrar em campo, não tenho outra coisa a fazer senão apoiá-los. Acabou o campeonato para nós. Só isso, o campeonato acabou. Todo mundo que tiver com contrato permanece e quem não tiver, não permanece. A gente vai mandar tudo mundo para casa, eles não querem jogar. A partir de hoje não tem mais rodada, a gente não vai voltar mais. O Mogi não participa mais, os jogadores foram embora e não querem mais”, disse Oliveira segundo o Uol Esporte.

LEIA MAIS

COPA PAULISTA: RIO BRANCO DERROTA ATIBAIA FORA DE CASA POR 2 A 0

COM TÉCNICO INTERINO, PORTUGUESA LEVA 18 JOGADORES PARA O DUELO DIANTE DA BRIOSA

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial do Ypiranga-RS)