Frase de Guto Ferreira chama a atenção em derrota do Inter: “Hoje eu fui o besta”

Inter
Foto: Divulgação/Inter

O técnico Guto Ferreira chamou a responsabilidade pelo tropeço do Inter diante do CRB, neste sábado, em Alagoas. Sem jogar bem, o time colorado perdeu por 2×0 e voltou a patinar na Série B – com os resultados da rodada, ficou no 7° lugar com 21 pontos, dois a menos que o próprio CRB, que é o 4° colocado com 23.

Algumas das alterações promovidas pelo treinador durante a partida acabaram não surtindo o efeito desejado. Em uma delas, Guto sacou o lateral-direito Cláudio Winck e lançou o atacante Carlos, recuando Edenílson para a lateral. O técnico ainda tentou Marcelo Cirino e Juan, sem sucesso.

LEIA MAIS:

Do Tigres ao CRB: Inter perde 38 vezes, cai, tem sete treinadores e decepciona na B

Goleiro Aranha não esquece o passado e diz: “É muito triste jogar aqui na Arena”

“O Cláudio (Winck, substituído no segundo tempo) vinha tendo dificuldades pela beirada, e o Edenilson passa bem ali. Colocamos o Carlos e até tentamos fazer de alguma maneira que trouxesse… Mas quando dá certo, você é bestial. Quando não dá certo, é o besta. Hoje fui o besta”, disse o treinador.

A frase, utilizada por Guto, é de autoria de um ex-técnico da seleção de Portugal. Otto Glória, em determinada ocasião, destacou que “quando se perde o treinador é chamado de besta, quando vence, de bestial (que, em Portugal, é o mesmo que “bom”).

Guto, ao mesmo tempo, reconheceu que o desempenho do Inter esteve bem abaixo da expectativa criada. O time vinha de uma boa vitória fora de casa por 2×0 sobre o Ceará, na terça-feira, mas passou longe de repetir a atuação.

“Faltou muita coisa. No início da partida até criamos situações, mas depois não fluiu como esperamos e não aconteceu o que a gente buscava. Ficamos bem aquém do que a gente esperava”, acrescentou.

Essa foi a segunda derrota do técnico Guto Ferreira desde que chegou ao Inter. A outra foi para o Boa Esporte, no Beira-Rio, em partida que teve protesto dos colorados depois do apito final. Na próxima terça-feira, em Porto Alegre, a partir das 21h30, o colorado recebe o Luverdense.

*Este artigo tem parceria com a Fan Page “Como é Bom Ser Colorado” – curta abaixo!



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.