Veja 5 lições que o Santos pode tirar do empate diante da Ponte Preta

Levir
Foto: Ivan Storti/ Santos FC

Na noite de ontem (sábado), o Santos empatou por 0 a 0 com a Ponte Preta, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Diante disso, o Torcedores.com mostra 5 lições que o Peixe pode tirar desse tropeço em casa.

1-

O Santos criou várias situações de gol, mas parou no goleiro Aranha e na má pontaria de seus atacantes. Não pode perder tantas chances assim e os homens de frente precisam treinar mais finalizações.

LEIA MAIS:

VEJA O QUE A IMPRENSA FALOU DO TROPEÇO DO SANTOS DIANTE DA PONTE PRETA

LUCAS LIMA NÃO QUER MAIS FALAR DE RENOVAÇÃO E GARANTE QUE FICA NO SANTOS ATÉ DEZEMBRO

LEVIR ELOGIA ATUAÇÃO DO SANTOS E CONSIDERA EMPATE “RUIM”

2-

O atacantes Bruno Henrique e Copete precisam entender melhor a partida. A dupla sempre tomava a decisão errada e matava um ataque promissor do Peixe.

3-

Contra uma equipe como a Ponte Preta que se fecha tanto, era necessário uma maior movimentação dos homens de frente, o que se viu foram jogadores estáticos esperando a bola no pé.

4-

Levir Culpi podendo fazer três alterações, só trocou Copete por Vladimir Hernández, deixando o artilheiro da equipe na temporada Vitor Bueno, no banco de reservas durante os 90 minutos. É inaceitável um técnico deixar de usar todas modificações que é possível, ainda mais precisando do gol para ganhar o jogo.

5-

Ficou ainda mais claro na partida contra Ponte Preta, o quanto o Peixe depende de Lucas Lima para criar as jogadas ofensivas, tudo passava pelo camisa 10. Isso não pode acontecer e Levir Culpi precisa arrumar alternativas táticas, uma possível seria atuar em um 4-4-2, com dois meias.



Apaixonado pelo futebol que é a melhor invenção do homem, atualmente setorista do Santos e Futebol Feminino pelo Torcedores.com