Beting: “O texto que estava na porta da Gaviões no centenário do Corinthians era meu”

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Mauro Beting

O jornalista Mauro Beting, do canal Esporte Interativo, concedeu uma entrevista ao Torcedores.com. No papo, ele comentou sobre como conduz a sua carreira sendo assumidamente palmeirense. Para falar de sua isenção, ele contou que o texto que estava na porta da maior torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel, no dia do centenário do Timão, foi escrito por ele.

“Evidentemente eu me exponho mais por vestir a camisa do meu trabalho e não do meu emprego e por vestir a camisa das coisas que eu faço”, disse Beting sobre a forma que conduz sua carreira.

LEIA MAIS:
PROFISSIONAIS AFIRMAM QUE A NARRAÇÃO DO ESPORTE INTERATIVO QUEBROU PARADIGMAS
ANDRÉ HENNING: ‘ESPORTE INTERATIVO É O MAIOR CANAL DE ESPORTES, O REAL MADRID’

Mauro Beting tentou deixar bem claro que sempre procurou ser o mais profissional possível no seu trabalho, e por isso busca entender as demais torcidas para poder ser um jornalista correto.

“Dos meu 16 livros nove são do Palmeiras, mas tem de Flamengo, do Corinthians. O texto que estava na porta da Gaviões da Fiel no dia do centenário não era do Juca Kfouri, era meu. Agora vê se tem alguma linha dele no Palmeiras. Não estou falando mal dele, apenas utilizando o maior rival para fazer uma comparação”, revelou o comentarista.

VEJA TAMBÉM:
JORNALISTA ESPORTIVO DEVE REVELAR O TIME QUE TORCE? VEJA OPINIÕES