Veja o que mudou no Botafogo do Brasileirão de 2016 para 2017

Vitor Silva - SSPress - Botafogo

O Botafogo inicia sua caminhada no Brasileirão 2017 contra o Grêmio, equipe que foi o último adversário do Fogão no torneio nacional de 2016.

Neste especial apresentaremos as principais mudanças no Glorioso de 1 ano atrás até hoje. Pode não parecer mas muita coisa se alterou em General Severiano.

Confiança

Em primeiro lugar e mais importante, o Botafogo inicia a competição mais confiante. Isso porque em 2016 era um time que acabava de subir da Série B, entrando com desconfiança. Hoje é o oposto. Um time classificado para a Libertadores e um dos favoritos na luta pelo G6.

Jair Ventura

Outro fator relevante é Jair Ventura. Desta vez a competição se inicia com o atual comandante, o que pode fazer a diferença. Em 2016 ele entrou pouco antes do meio da temporada e levou o Glorioso à quinta posição após receber o time no Z4.

Ataque

Na última temporada, Neílton brilhava no setor ofensivo, muitas vezes ao lado de Sassá. Na atual, Pimpão e Roger disputaram a maioria dos jogos, mas Sassá e Guilherme vem ganhando espaço.

Montillo

O time que antes tinha 3 volantes recebeu um excelente reforço para o setor de criação. No entanto, com muitas lesões, ainda não vingou e vê o Fogão atuar melhor no esquema com meio de campo mais compacto.

Categoria de base

Não que ano passado não tivesse utilizado a base, mas em 2017 o número de jogadores oriundos da base do clube aumentou, e é possível destacar alguns em especial como Marcelo por exemplo.

Perspectiva

O torcedor botafoguense tem grandes expectativas na atual temporada, muito pelo que foi visto na reta final de 2016. As condições são melhores e até certo ponto mais favoráveis para isso.