Veja o valor que o Vasco terá direito a receber caso Coutinho vá ao Barcelona

Philippe Coutinho não é relacionado para estreia do Liverpool na Champions
Foto: Divulgação/ Site oficial da Premier League

O jornal catalão “Sport” publicou nesta terça-feira que o meia Philippe Coutinho, do Liverpool, disse sim à proposta do Barcelona e que o clube espanhol aguardará o fim da Premier League para iniciar as negociações com os ingleses.

O preço estipulado para a saída do jogador é de 90 milhões de euros (R$ 314 milhões). Em janeiro deste ano, ele assinou a renovação contratual até 2022.

VEJA MAIS:
Milton Mendes assiste à final do Carioca no meio da torcida do Flamengo 
Bernardo, ex-Vasco, disputa campeonato amador na Vila Cruzeiro, no Rio 

Caso o Barcelona efetive mesmo a compra, o Vasco, clube formador do atleta, teria direito a 2,5% do valor, algo próximo a R$ 8 milhões, conforme prevê o Mecanismo de Solidariedade da Fifa.

A cada transferência, o clube formador tem até 5% da venda. Como Coutinho ficou em São Januário dos 12 aos 18 anos, o clube cruzmaltino terá direito a metade da indenização (2,5%).

O meia subiu ao elenco profissional do Vasco em janeiro de 2009. Após 43 jogos, cinco gols e nove assistências, o carioca assinou contrato com a Internazionale-ITA, em julho do ano seguinte. Em janeiro de 2012, ele foi emprestado ao modesto Espanyol. Após seis meses retornou ao clube de Milão e em janeiro de 2013 acertou a transferência ao Liverpool.

Entenda abaixo como são divididos os 5% do mecanismo de solidariedade da Fifa:

– Temporada do 12º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)

– Temporada do 13º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)

– Temporada do 14º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)

– Temporada do 15º aniversário: clube leva 5% (0,25% da compensação total)

– Temporada do 16º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

– Temporada do 17º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

– Temporada do 18º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

– Temporada do 19º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

– Temporada do 20º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

– Temporada do 21º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

– Temporada do 22º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

– Temporada do 23º aniversário: clube leva 10% (0,5% da compensação total)

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)