UFC 211: Análise do Card Preliminar e Dicas para o Fantasy

Bem vindos à mais uma edição da minha análise do UFC aqui na telinha do Torcedores. Nessa edição 211 teremos muitos lutadores brasileiros em lutas importantes no octógono. Na luta principal teremos o embate entre Júnior Cigano e Stipe Miocic que disputam o cinturão dos pesos pesados. Na co-luta principal Jéssica Bate-Estaca encara Joanna Jedrzejczyk e quem vencer leva o cinturão dos pesos palha feminino. Confira o vídeo de chamada para essa edição do UFC!

Então vamos as lutas, suas análises, chances de vitória de cada lutador segundo as casas de apostas e dicas de quem escalar no Fantasy. Dois lembretes importantes: O primeiro é que aqui eu jogo o Fantasy organizado pelo site Brazuca FC que é GRÁTIS e ainda dá uma premiação de R$ 200 para os melhores colocados e é muito fácil de jogar. O segundo é que nessa matéria irei analisar apenas as lutas do Card Preliminar, haverá uma outra matéria onde irei analisar o Card Principal que será publicada no sábado (13/5).

UFC 211
13 de Maio, em Dallas, Texas

CARD PRELIMINAR (a partir de 19h, horário de Brasília)

Peso-meio-pesado: Joachim Christensen (22%) vs Gadzhimurad Antigulov (88%) – Antigulov vem de 12 vitórias seguidas e das sua 19 vitórias na carreira ele conseguiu 16 delas no primeiro round. Já Christensen perdeu uma sequência de 5 vitórias seguidas e logo na sua estreia no UFC por finalização. Apesar de ser mais alto que Artigulov ele terá dificuldades para acertar o russo e escapar das quedas e tentativas de finalização do oponente, enquanto Artigulov tem um grande potencial de acelerar a luta logo no primeiro round. Dado isso o russo é uma excelente escolha para apostar no Fantasy. Palpite: Gadzhimurad Antigulov por finalização no primeiro round

Peso-pena: Gabriel Benítez (57,7%) vs Enrique Barzola (42,3%) – Dois lutadores muito parecidos em seus estilos de luta. Ambos vêm do TUF América Latina e tem um estilo de luta explosivo e que cometem alguns erros durante suas lutas. Nesse embate equilibrado eu prefiro o peruano (Barzol). Ele pode segurar a luta em pé e consegue aplicar bons golpes. A ameaça de queda deve acalmar o ataque habitual de chute de Benitez e Barzola tem o cardio para lutar durante toda a noite. Barzola é uma boa opção para quem tem que escalar uma opção econômica para investir em outros lutadores. Palpite: Enrique Barzola por decisão

Peso-pesado: Chase Sherman (52,2%) vs Rashad Coulter (47,8%) – Sherman é mais alto que Coulter e suas noves vitórias na carreira todas foram no primeiro round. Já Coulter começou sua carreira com 5 vitórias seguidas e também conseguiu todas no primeiro round. O que pesa aqui nesse confronto é a dificuldade de Coulter em bater o peso quando luta na categoria de baixo e a pouco experiência na categoria dos pesados pode ser decisivo na vitória de Sherman. Palpite: Chase Sherman por nocaute técnico no primeiro round

Peso-palha: Jessica Aguilar (47,8%) vs Courtney Casey (52,2%) – Aguilar vinha de 10 vitórias seguidas até enfrentar Claudia Gadelha e ficar na geladeira desde 2015. Já Casey está na ativa e terá a vantagem de altura nessa luta. Apesar disso não acredito que Casey tenha potencial para conseguir escapar do excelente wrestling de Aguilar que, mesmo estando muito tempo parada, tem a experiência a seu favor saberá controlar muito bem o ímpeto da novata. Palpite: Jessica Aguilar por decisão

Peso-leve: Marco Polo Reyes (24%) vs James Vick (76%) – Reyes é um batedor nato e venceu 6 das suas lutas como profissional nocauteando seus adversários. O problema é que nessa edição do UFC ele enfrentará um oponente mais alto que ele e que se defende muito bem contra esse tipo de lutador. Vick é o melhor oponente que Reyes já enfrentou e não acredito que ele terá chances de conseguir aplicar seu estilo de luta contra ele. Vick é uma das melhores opções para o Fantasy, apesar de seu alto preço. Palpite: James Vick por finalização no segundo round

Peso-pena: Chas Skelly (52,5%) vs Jason Knight (47,5%) – Skelly é um daqueles lutadores assustadores com excelente wrestling e que sabe misturar essas habilidades com submissões oportunistas e já conseguiu 10 de suas 16 vitórias finalizando seus oponentes. Knight não tem a defesa de queda para controlar a posição e Skelly pode segurar a luta no chão tranquilamente. Salvo falha cardíaca crítica ou algum golpe surpreendente desferido por Knigth, Skelly leva para casa essa vitória. Palpite: Chas Skelly por decisão

Peso-leve: Eddie Alvarez (47,1%) vs Dustin Poirier (52,9%) – Após uma grande vitória sobre Rafael dos Anjos, a conquista do título dos pesos leves, veio a derrota para Conor McGregor e agora resta a Alvarez recomeçar tudo do zero e quem sabe conseguir uma revanche contra o atual campeão. Poirier também pedeu para o Falastrão, mas foi em uma ocasião totalmente diferente da atual. Essa pode ser uma das melhores lutas do card com dois poderosos e agressivos nocauteadores se enfrentando e que são bem parecidos fisicamente. O que irá decidir essa luta é a preparação e nesse ponto Alvarez parece melhor. Palpite: Eddie Alvarez por decisão