Thomaz ressalta relação com família de Kaká: “me abriram as portas”

Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net

Thomaz chegou recentemente do São Paulo após ser contratado junto ao Jorge Wilstermann, da Bolívia, mas em entrevista ao Lance!, o meio campista revelou que já possuía relação com o time paulista por ser torcedor desde as categorias de base, mas acima de tudo com um ex-jogador revelado na equipe, Kaká.

“Eu e o Digão (irmão do Kaká) começamos juntos no São Paulo. Quando eu saí do Inter para a Itália, fui morar com eles. Foi o pai dele quem me levou para o Lecce. São sensacionais, me ajudaram bastante no começo. Ele, o Kaká, o Bosco e a Simone (pais de Kaká) me abriram as portas da casa deles. O Kaká era casado, morava com a mulher, mas sempre estava lá. Morávamos em Milanello”, lembrou Thomaz.

LEIA MAIS:
CUEVA “PERDOA” FAGNER POR ENTRADA DESLEAL: “FAZ PARTE DO FUTEBOL”

Além do meio campista que atualmente defende as cores do Orlando City, dos Estados Unidos, o jogador do São Paulo também revelou que é amigo de outro importante atleta, Alexandre Pato. “Primeiro no Inter, depois ele foi para o Milan e eu para a Suíça. Como era muito perto, sempre nos encontrávamos”, disse.

Thomaz parece estar ambientado ao Tricolor Paulista, tanto é que em pouco mais de um mês no clube, já possui um gol e uma assistência em seis partidas disputadas. Ele credita a adaptação rápida ao fato de já ter atuado lá nas categorias de base e elogiou os companheiros e torcedores. “O grupo é bom, a relação com a torcida é muito boa”, afirmou.

O meio campista de 30 anos pode ser considerado um “andarilho” do futebol. Isso porque, ele rodou por diversos clubes, desde a base, quando atuou por São Paulo, Corinthians, Juventus-SP e Internacional, até se tornar profissional, onde defendeu as cores do Grêmio Barueri, Brasiliense, Caxias, Avaí, entre outros, passando até mesmo pelos Estados Unidos e pela Suíça, além do Jorge Wilstermann, da Bolívia, última equipe antes do Tricolor.