Técnico fez de tudo para entregar, mas o Ingá Loko , o goleiro Iran seguraram a vitória

 
Apesar do técnico Beto, que tirou os poucos jogadores mais anciãos substituindo pelos longevo, Ingá Loko conseguiram uma vitória heróica sobre o Inter Cidade Júlia, em Arena Poringá, por 2 a 1, nas quartas de final da Copa Velha Guarda e devolveram ao time a possibilidade de sonhar com a luta pelo título.
 
O Ingá Loko , tinha todos titulares em campo e no banco de reservas – o lateral Ney, o lateral-esquerdo Amarelo e o meia Pekeno – chegou a estar vencendo por 2 a 1 a 20 minutos para o final, e parecia ter o jogo sob controle quando o técnico Beto iniciou as possíveis lambanças.
Ingá Loko, Jardim Ingá zs, SP
 
Primeiro tirou Marciel, o único que conseguia segurar a bola no meio-campo não era opção para sair já que o jogador reclamou de dores e pediu para sair, e colocou o Ney, para retrancar e segurar o resultado. Não satisfeito, Beto substituiu Alex, que preocupava a defesa do Inter, e colocou o Pekeno, que não soube marcar e ainda não tem jogado o seu futebol nas vezes em que é escalado. E para finalizar substituiu o Leury para a entrada do Amarelo única aposta que deu certo.
 
Sem jogadores que conseguissem marcar bem o experiente meio-campo do Inter ou ao menos segurar a bola, o Ingá Loko passou a ser bombardeado pelo adversário, e ainda teve um pênalti para diminuir o resultado jogo no fim do primeiro tempo. Por obra divina o goleiro Iran defendeu e também fez excelentes defesas no decorrer do jogo.
 
Pelo andamento do jogo, o Ingá Loko mereceu a vitória. Mas, pelo últimos 20 minutos, o Inter poderia ter saído ao menos com o empate e levando a disputa para as penalidades.
 
Técnico disse; “Como um time de jogadores desse nível cai o rendimento em 20 minutos, posso ter substituído errado, Sim! Um adversário regular não viu a bola no início do jogo é uma partida para todos entrarem e jogarem.
– Tem uns atletas que é para definir a partida e outros jogarem com mais vontade, pensando que vão fazer gol em qualquer momento, só por que teoricamente o adversário era inferior. E não é assim, passamos sufoco! E como diz a lenda do futebol o culpado é sempre o técnico!
 
O técnico está 100% não sabe o que é derrota e muito menos empate, mas, assim mesmo a pressão de um elenco de craques, cadeira começa a balançar!
 
Com a vitória, o Ingá Loko se classifica para a semifinal, terá boas possibilidades de ser Campeão.
 
Primeiro tempo
 
O Ingá Loko chegou, mas não se impôs como deveria. Abriu 2 a 0 em duas jogadas trabalhadas pela equipe, mas tomou um sufoco desnecessário de um apenas esforçado Inter. Terminou o primeiro tempo com 2 a 0 no placar graças a 20 minutos de jogo que o time demostrou e ao talento de Alexgol que, jogou bem, marcou dois belo gol em jogada realizada pela equipe.
 
E no final do primeiro tempo, Leury faz pênalti no atacante mostrando que o time já está fora de foco e desestabilizado. Mas o goleiro Iran faz grande defesa, sendo o principal destaque da partida.
 

Ingá Loko 2 x 1 Inter Cidade Júlia
Segundo tempo
 
Na segunda etapa, o Ingá Loko quase pagou caro por uma covardia tática incompreensível. Se o Ingá Loko não queria jogo, o Inter sim. Chegou a diminuir e mereceu os aplausos da torcida no final, apesar da eliminação. Já os Lokos chegam à decisão sem convencer. De alento, fica o fato de que tem futebol suficiente pra amenizar o rotineiro sofrimento do torcedor nesta Copa Velha Guarda.
 
Escalação; Iran; Lambão, Erivan, Denilson, Leuri (Amarelo); Gil, Eduyres, Marciel (Ney), Allan; Batata, Alex (Pekeno).
 
Gol; 2 Alex
Amarelo; Allan, Marciel, Leuri, Erivan
Local; Cdc Poringá
Data; 06/05/2017


Contato: alves_530@hotmail.com Atualmente setorista no Futebol da Várzea e esporte em geral.