Funvic Taubaté contrata quatro reforços para a próxima temporada

Funvic Taubaté - Divulgação/Rafinha Oliveira

Após o vice-campeonato da Superliga Masculina, a Funvic Taubaté encerra a temporada 2016/2017 com uma avaliação positiva, por parte da diretoria. Neste ano, além de chegar pela primeira vez na final da competição nacional, os Taubateanos conquistaram o terceiro título do Campeonato Paulista consecutivo, o bi-campeonato da Copa do Brasil e o vice da Copa SP.

O time agora entra em recesso e deve retornar em julho, para iniciar a preparação para a temporada 2017/2018. Porém, a diretoria já trabalha para montar um elenco forte e que possa continuar a brigar por títulos.

A principal mudança até agora é no comando da equipe. O técnico Cezar Douglas deixa o time e para o seu lugar chega o argentino Daniel Castellani. Cezar assumiu a Funvic Taubaté em 2013 e sob seu comando conquistou três Campeonatos Paulista, duas Copa do Brasil, foi campeão da Copa São Paulo, um vice-campeonato da Superliga Masculina e um vice-campeonato Sul-Americano.

O diretor da Funvic Taubaté, Ricardo Navajas, acredita que mesmo com os resultados expressivos, as mudanças são necessárias.

“Optamos por trazer um técnico com maior experiência internacional, acreditamos que a evolução da equipe precisa ser constante, e começa pelo comando técnico da equipe”, disse Navajas.

Além do novo treinador o Taubaté já contratou o ponteiro Marko Ivović. Ele foi eleito o melhor jogador da Liga Mundial 2016, vencida pela Sérvia. Chegam também o líbero Thalles Hoss (ex-canoas), o central argentino Sebastian Solé (ex-Trentino) e o levantador Paulo Renan (ex-Santa Crose – Itália).

Da atual equipe já estão confirmados para a próxima temporada os levantadores Rapha e Jonatan, os opostos Wallace e Renan, o ponteiro Lucarelli, os centrais Otávio e Nicolas, e o líbero Matheus.

Os outros atletas que estão sem contrato terão a permanência discutida nos próximos dias.

Alguns jogadores da equipe terão um tempo menor de descanso, já que foram convocados para a seleção brasileira. São eles: Lucarelli, Wallace, Rapha, Otávio, Éder e Lucas Lóh.