Mercado da bola: Sport admite interesse em meia do Santa Cruz

Sport
Foto: Divulgação

O final dos campeonatos estaduais e regionais promete novamente movimentar o mercado da bola no fim deste semestre. Um dos jogadores que podem trocar de clube é o meia Thomás, do Santa Cruz, que tem contrato apenas até o final de maio e pode parar no rival Sport, que admite o interesse.

Nesta terça-feira (9), o Sport apresentou o atacante Osvaldo, que vem do Fluminense, e o zagueiro Igor Ribeiro, ex-Anápolis, e deixou no ar a possibilidade de trazer mais reforços, incluindo Thomás.

LEIA MAIS:

VITÓRIA VAI ASSINAR COM DESTAQUE DO CAMPEONATO BAIANO NESTA TERÇA
MERCADO DA BOLA: VITÓRIA CONFIRMA ACERTO COM LATERAL EX-FLAMENGO
MERCADO DA BOLA: PALMEIRAS QUER CONTRATAR LATERAL DANILO AVELAR

A expectativa é aproveitar que o jogador ficará livre em breve e por isso não precisará desembolsar nada além de luvas e salários para contratar o atleta de 24 anos, revelado pelo Flamengo.

A gente tem a política de não falar sobre especulação. Mas como vocês mesmo (imprensa) anunciaram, esse é um atleta que tem contrato só até o final de maio. E os atletas de destaque no Brasil, que estão com contrato acabando, os grandes clubes ficam de olho. É assim no Campeonato Paulista, no Carioca, no Pernambucano, Gaúcho e Mineiro. Nessa fase final dos estaduais isso é comum. A gente está monitorando o mercado, é a nossa obrigação, e internamente a gente vem discutindo alguns nomes para que a gente possa ver a possibilidade de reforçar o elenco“, explicou o executivo de futebol rubro-negro Alexandre Faria.

Especula-se que o Sport tenha oferecido um salário quatro vezes maior que o que Thomás recebe atualmente no time Cobra Coral. Além do Santa e Flamengo, o atleta tem ainda passagens por Joinville, Ponte Preta, além de Siena, da Itália, e Seattle Sounders, dos Estados Unidos.

Outros reforços

Apesar de admitir a vinda de novos jogadores, o executivo do Sport não revelou a quantidade e nem as posições que serão reforçadas.

“Se der um número (de contratações) vou ficar refém desse número. As avaliações são feitas constantemente no futebol e ao percebermos as necessidades do elenco vamos atacar o mercado”, finalizou