SANTOS VENCE O CORINTHIANS NO CLÁSSICO ALVINEGRO

Nesse domingo na Arena Nacional Fut7, aconteceu o clássico alvinegro pela segunda rodada do Circuito Paulista Fut7. Santos venceu o Corinthians por 3 x 2, agora lidera o Grupo 2 junto com o Grêmio Osasco. 

No início do jogo o Corinthians segurou a posse de bola, trocava passes girando de um lado para o outro, tentando entrar no forte sistema defensivo do alvinegro praiano.

O Santos esperava, buscava os espaços para entrar com velocidade pelas pontas, um jogo muito estudado. Em troca de passes rápidos Cris Pimenta saiu na cara do goleiro Diego e tocou no canto abrindo o placar no final do primeiro tempo, Santos 1 x 0.

Segunda etapa voltou com o Corinthians marcando sobre pressão, em jogada ensaiada de falta aos 4 minutos, Gouveia subiu mais que a defesa e cabeceou forte para defesa do goleiro santista, Wagnão.

Léo Moratta fez dois gols. (Foto: Raquel Costa)

Corinthians se lançava ao ataque, deixando espaços na defesa. Aos 6 minutos em contra-ataque do Santos a bola veio na direção de Jé que de primeira acertou um belo chute de três dedos no ângulo, um golaço 2 x 0 pro time da baixada.

Santos nem comemorou o segundo gol, e de pênalti Léo Moratta diminuiu para o Timão batendo forte e rasteiro no canto, 2 x 1. Corinthians pressionava pelo gol de empate, e ele veio em falta cobrada pelo camisa 10 Léo Moratta que fez o segundo dele e o segundo do Corinthians, 2 x 2.

O time do Parque São Jorge se animou, queria a virada, mas parava na grande atuação do goleiro santista. Até que aos 15 minutos, Mike perdeu a bola no meio de quadra dando mais um contra-ataque pro Santos, Rezala aproveitou a oportunidade e colocou o Santos na frente, 3 x 2.

“O Corinthians sempre tenta essas bolas de segundo pau, estamos acostumados. Jogamos muito já um contra o outro, sabemos como eles jogam” – Comentou Wagnão sobre uma das suas defesas na vitória.

Wagnão falou sobre a briga pela titularidade da posição, entre ele e Gambelli. “Eu e o Gambelli somos muito parceiros, tanto dentro quanto fora de quadra. Quando ele joga eu apoio ele no banco, quando eu sou  o titular ele fica lá me incentivando”.



Formado em Comunicação Social - Jornalismo. Assessor de Imprensa do Nacional Atlético Clube Jornalista da Liga F7 Brasil / Liga F7 Paulista / Mundo do Society Colaborador do Site Torcedores.com Colaborador do Jornal Folha de Parelheiros