Rockhold se revolta contra UFC: ‘Ninguém está feliz com o que está acontecendo’

Reprodução/Facebook Oficial Luke Rockhold

Luke Rockhold é mais um nome de peso a fazer fortes críticas ao UFC. No caso do ex-campeão dos pesos-médios, a revolta contra o Ultimate tem mais a ver com o estado de sua divisão, que vê Georges St-Pierre ser o indicado a lutar pelo cinturão contra Michael Bisping.

Em entrevista ao programa The MMAHour, o americano disparou contra as atitudes da organização e até mesmo conclamou seus rivais dos médios a também fazerem jogo duro contra o Ultimate se o cinturão não for colocado contra os principais desafiantes da categoria.

LEIA MAIS

ANDERSON SILVA ANUNCIA QUE NÃO LUTARÁ NO UFC 212: “QUERIA MUITO, MAS NÃO DEU”

APÓS DECLARAR AMOR AO BRASIL, GASTELUM SE IRRITA E DIZ QUE NÃO LUTARÁ DE NOVO NO PAÍS

“Enquanto eles não fizerem o Bisping lutar contra um cara da divisão ou não fizerem um cinturão interino, não luto contra mais ninguém. E acho que o resto da divisão deveria fazer o mesmo. Gente como eu, (Gegard) Mousasi, Yoel (Romero) e (Robert Whittaker). Acho que todo mundo deveria ter uma posição e mandarem todos se f***. Coloquem esse cinturão em disputa ou vão deixar a divisão parada”, declarou Rockhold.

“Acho que todo mundo está meio de greve, sabe. Todos nós estamos esperando pelo título, sei que Whittaker e eu estamos e acho que Mousasi também deveria bater nessa tecla. Quero dizer, sem a gente você não tem divisão. Façam algo acontecer. Todos os lutadores dos pesos-médios deviam fazer alguma coisa”, completou.

A própria luta entre Bisping e GSP também foi alvo de críticas por parte do ex-campeão, que disse não ver razão para o combate e disse não entender a situação atual do UFC.

“Em dias como estes, você não tem certeza de nada. Eles (UFC) só querem essa luta para pagar dívidas. É por isso que essas megalutas sem sentido estão acontecendo. Eu não sei mais o que vão inventar”, criticou.

 

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial Luke Rockhold)