Primeira Liga apresenta melhor média de público em competições nacionais

Torneio só fica atrás do Campeonato Paulista

Após o fim da primeira fase, a Copa da Primeira Liga apresenta média de público superior a todas as competições nacionais em 2017, excetuando o Campeonato Paulista, competição que lidera o ranking de presença de torcedores no início deste ano. A distância entre Paulistão e a Primeira Liga, no entanto, é pequena. Enquanto o estadual apresenta média de 9.768 torcedores por jogo, a Copa leva 6.833 pessoas por partida.
Até mesmo a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste apresentam números abaixo do torneio realizado pela primeira vez em 2016. Enquanto a segunda principal competição nacional exibe apenas 6.327 torcedores por jogo, o torneio nordestino contabiliza 5.252 torcedores em média nos seus estádios.

O Campeonato Carioca, por exemplo, tem média inferior a 5 mil pessoas por partida, abaixo do Gaúcho e Mineiro. No Nordeste, o estadual que lidera a presença de público é o Baianão, com 3.659 torcedores por jogo.

Nos índices de taxa de ocupação dos estádios brasileiros neste início de ano, a Primeira Liga também só fica atrás do Paulistão, assim como na renda média por partida. A Copa apresenta ocupação de 21% das arquibancadas e arrecada cerca de R$ 200 mil por partida.
Das equipes ditas fora do eixo, Atlético-PR. Bahia e Remo chamam a atenção pela forte presença nas arquibancadas em 2017. O Furacão detém a sexta melhor média do ano (16.787), o Bahia a décima segunda (12.252), enquanto o clube paraense é o décimo quarto colocado no ranking nacional (10.381). São os melhores de fora das equipes do Eixo.

A expectativa é que a média de público da Primeira Liga aumente em grande quantidade. Após o término da primeira fase, a competição entrará em sua etapa eliminatória e a tendência é de presença maciça dos torcedores. Das oito equipes nas quartas de final da competição, cinco delas estão entre as dez torcidas mais presentes nos estádios brasileiros no ano.



Apaixonado por esportes e pelo jornalismo. Grande seguidor do futebol, do automobilismo, dos esportes americanos e fã incondicional da NFL.