Pratto diz que não se arrepende em trocar o Atlético-MG pelo São Paulo

Pratto
Reprodução/TV São Paulo

Na noite de ontem, o São Paulo de Lucas Pratto conheceu sua terceira eliminação no ano, agora pela Copa Sul-Americana, diante o modesto Defensa y Justicia da Argentina, que pela primeira vez disputou uma competição Internacional e logo de cara conseguiu eliminar um gigante da América. Logo após o vexame, o atacante Lucas Pratto foi o escolhido para conceder entrevista na tarde de hoje no CT do time e em uma pergunta foi indagado sobre arrependimento de trocar o Atlético-MG pelo São Paulo e o atacante foi enfático ao dizer que não se arrependeu da sua escolha.

Lucas Pratto chegou ao São Paulo como a grande esperança de gols, o atacante bem que tenta, mas nos últimos jogos a bola não vem chegando nele com qualidade e muitas vezes o atacante tem que fazer as vezes de criação no meio de campo.

LEIA MAIS:
EVERTON RIBEIRO FAZ GOLAÇO COM DIREITO A CHAPÉU NO GOLEIRO; ASSISTA
JORNAL ESPANHOL APONTA CINCO TIMES FAVORITOS AO TÍTULO DO BRASILEIRÃO 2017

A transferência para o Tricolor se deu principalmente por ser reserva de Fred no Atlético-MG e de depender de ritmo de jogo para seguir na Seleção Argentina de Bauza. Porém, o treinador de sua seleção foi demitido recentemente e além disso, sua ex equipe foi campeã Estadual e segue firme na Libertadores, enquanto o Tricolor acumula três eliminações.

Hoje, Pratto foi indagado sobre um possível arrependimento e respondeu: “Arrependimento de vir para cá? Não. Por que? Não tem nada a ver, minha decisão foi tomada porque queria vir para cá, achava que era a hora de mudar de ares. Obviamente queria estar na final do Estadual, passar para a próxima fase da Copa do Brasil ou da Sul-Americana, mas temos que focar no Brasileiro”, disse Pratto.

Agora com a eliminação na Sul-Americana, o Tricolor volta todas as suas atenções para o campeonato Brasileiro, onde estreia neste final de semana, diante o Cruzeiro, no estádio do Mineirão.

O argentino soma com a camisa do São Paulo 13 jogos e 7 gols, média superior a um gol a cada duas partidas.



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.