No Peru, time demite treinador por escalação irregular. Entenda

Reprodução/Facebook

Diego Umaña é mais um treinador a entrar para a lista de desempregados no mundo do futebol. O colombiano estava no Peru, onde comandava o Sport Huancayo, e acabou demitido nesta semana por um motivo bastante peculiar: quebrar uma regra de escalação de atletas estrangeiros.

Na partida entre sua equipe e o Real Garcilaso, o treinador colocou durante a partida o paraguaio José Montiel, fazendo com que seu time  tivesse em campoo quatro atletas estrangeiros, quando as regras do futebol local permitem apenas três. Em campo, sua equipe venceu por 1 a 0 mas perdeu os pontos do jogo.

LEIA MAIS

DIRETOR DO FLA DISFARÇA SOBRE EVERTON RIBEIRO, MAS ADMITE PRIORIZAR REFORÇOS DE PESO

“Enviei uma carta ao professor Umaña confirmando a demissão. Ele saiu por um erro grave. Nos fez perder esportivamente e economicamente”, declarou o presidente do Huancayo, Raúl Rojas ao jornal Depor.

A partida foi válida pelo Torneio de Verão, parte do Campeonato Peruano, e foi realizada no dia 23 de abril. Com a perda dos pontos, o Huancayo caiu para o sexto lugar do Grupo B da competição, com 15 pontos e acabou eliminado neste meio de semana da Copa Sul-Americana para o Nacional Potosí (BOL).

“Nunca passei por isso antes e não pensei nesse erro. Me dei conta disso 30 minutos segundos após fazer a mudança”, explicou Umaña.

O Sport Huancayo encerra sua participação no Torneio de Verão do Peru neste final de semana, contra o Deportivo Municipal.

 

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook)