Após três anos, Nacional disputa acesso em Olímpia

Técnico Tuca Guimarães - Divulgação Nacional/SP

A cidade de Olímpia marcou a história do Nacional em 2014 e no próximo domingo (14 de maio), a equipe pode fazer história novamente, no estádio Maria Tereza Breda. Em outubro daquele ano o Naça empatou em 1 a 1 com o time da casa e conquistou o acesso para a Série A3 do Campeonato Paulista. Agora, no próximo domingo, as equipes voltam a se encontrar e dessa vez por uma vaga na Série A2.

O primeiro jogo dessa disputa terminou com a vitória do Olímpia por 2 a 1. Mesmo tendo que reverter o marcador, o técnico do Nacional, Tuca Guimarães, acredita que a conquista de 2014 pode se repetir.

“Tivemos uma semana extremamente produtiva e isso me leva a acreditar que vamos fazer um bom jogo. Mesmo com a vantagem sendo do nosso adversário será um jogo aberto, com possibilidades para as duas equipes”, disse o treinador.

Para o confronto da volta, se o Nacional vencer por um gol, leva a decisão para os pênaltis. Para evitar as penalidades e se garantir na A2 de 2018, os comandados de Tuca Guimarães precisam vencer por dois ou mais gols.

“Não acredito que seja relevante essa coincidência, o mais importante é a preparação e a concentração para o momento”.

Por fim ele comentou sobre a atuação do time no primeiro jogo e disse acreditar na conquista de um resultado positivo.

“A primeira parte da decisão já foi. Tenho certeza que vamos chegar forte para esse segundo jogo. Apesar do resultado fizemos um bom jogo. Temos uma diferença pequena no placar”, finalizou.

Até aqui os donos da casa sofreram apenas um revés em casa, em contra partida, o Nacional, conquistou fora de casa cinco vitórias, quatro derrotas e dois empates.

Olímpia e Nacional fazem o segundo confronto semifinal do Campeonato Paulista da Série A3 no domingo (14), às 10h, no estádio Maria Tereza Breda, em Olímpia.

Na outra chave duelam Inter de Limeira e Monte Azul. O primeiro encontro terminou em 1 a 1.