Missão para Renato: só três técnicos concluíram um Brasileirão pelo Grêmio desde 2003

Renato
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Além dos desafios coletivos, que dizem respeito ao desempenho e aos resultados do Grêmio a partir do próximo final de semana, quando inicia o Brasileirão, o técnico Renato Gaúcho terá um tarefa pessoal que poucos profissionais têm conseguido nos últimos anos no comando gremista: fazer todo o Campeonato Brasileiro pela equipe tricolor.

A alta rodagem dos comandantes tem sido uma tônica no Grêmio desde o advento do sistema de pontos corridos no Brasil, que teve início em 2003. De lá para cá, apenas três treinadores fizeram um Brasileirão da primeira até a última rodada: Mano Menezes, duas vezes, em 2006 e 2007; Celso Roth, em 2008 e Vanderlei Luxemburgo, na edição de 2012.

LEIA MAIS:

Pottker chega ao Inter e evita falar nome do rival Grêmio: “Time do outro lado lá”

RBSTV capricha em chamada de jogo de estreia do Inter na Série B; assista

Renato Gaúcho, por sua vez, já teve a possibilidade de dirigir o Grêmio em dois certames diferentes. Em 2010, em substituição ao técnico Paulo Silas, ele conseguiu reagrupar o time e o levou até o G-4, entrando na Libertadores do ano seguinte. Renato seguiu no comando em 2011 e disputou as rodadas iniciais do Brasileirão, mas os maus resultados o afastaram do clube.

Três anos depois, nova chance para Renato. Ainda no primeiro turno do Brasileirão de 2013, o atual técnico gremista entrou no lugar de Vanderlei Luxemburgo e levou o Grêmio ao surpreendente vice-campeonato. Apenas o Cruzeiro de Marcelo Oliveira fez campanha melhor que o Grêmio na ocasião.

Um detalhe curioso chama a atenção desse “ranking” de técnicos que o Grêmio acumula desde 2003. Nas duas primeiras edições por pontos corridos, o clube chegou a ter quatro treinadores distintos. Em 2003, começou com Tite e passou por Dario Pereyra e Nestor Simionato até chegar em Adílson Batista. Já em 2004, ano do segundo rebaixamento, Adílson iniciou a campanha, mas logo saiu para a entrada de José Luiz Plein, Cuca e Cláudio Duarte.

Técnicos do Grêmio na era dos pontos corridos:

2003 – Tite, Dario Pereyra, Nestor Simionato e Adílson Batista

2004 – Adilson Batista, José Luiz Plein, Cuca e Cláudio Duarte

2006 – Mano Menezes

2007 – Mano Menezes

2008 – Celso Roth

2009 – Paulo Autuori e Marcelo Rospide

2010 – Silas e Renato Gaúcho

2011 – Renato Gaúcho, Julinho Camargo e Celso Roth

2012 – Vanderlei Luxemburgo

2013 – Vanderlei Luxemburgo e Renato Gaúcho

2014 – Enderson Moreira e Felipão

2015 – Felipão e Roger Machado

2016 – Roger Machado e Renato Gaúcho



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.