Médico da Chape mostra preocupação com lesões de Ruschel e Neto

Divulgação/Site Oficial da Chapecoense

Dois dos sobreviventes do acidente que envolveu a delegação da Chapecoense em novembro passado, Alan Ruschel e Neto, estão em fase final de recuperação das lesões sofridas na tragédia. Apesar da proximidade da volta aos gramados, existe uma certa preocupação quanto ao estado das lesões na coluna dos dois atletas da Chape

Diretor do departamento médico do time catarinense, Carlos Mendonça. disse que os dois atletas ainda tem de estar 100% recuperados das lesões cervicais sofridas no acidente para poderem estar prontos definitivamente para voltar a jogar.

LEIA MAIS

HEPTA VEM AÍ? COINCIDÊNCIAS DO ATUAL GAUCHÃO COM O DE 2005 CHAMAM A ATENÇÃO

LUIZ FLÁVIO DE OLIVEIRA QUEBRA O TORNOZELO EM JOGO DO PAULISTÃO A-2 E SAI DE AMBULÂNCIA; VEJA

VEJA QUANTO BAHIA, SPORT E SANTA CRUZ PODEM FATURAR COM O TÍTULO DA COPA DO NORDESTE

“Eles tiveram traumas na coluna. O Alan está praticamente liberado, mas ainda temos uma ressalva quanto a cicatrização total da fratura, que já está em sua reta final. O Neto está no mesmo processo, um pouco atrasado, porém respondendo bem”, declarou Mendonça segundo o Uol Esporte.

“O Alan não deve perder a mobilidade para jogar. Já o Neto teve uma fratura na quinta vértebra lombar. Ele pode sofrer um pouco de dor, mas é pouco provável que tenha problemas para se movimentar”, completou o médico da Chape.

O prazo para que os dois jogadores voltem aos gramados ainda não foi estipulado. Os atletas já vem treinando no gramado da Arena Condá para recuperar a forma física visando o retorno ao futebol.

 

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial da Chapecoense)