Lucas Lima precisa de 100 dias para igualar assistências de 2016

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Lucas Lima alternou entre bons e maus momentos na temporada passada, sendo até mesmo bastante criticado por parte dos torcedores no Santos. No entanto, em 2017, as coisas parecem estar mudando. O meio campista precisou de apenas 100 dias para dar as mesmas dez assistências que havia dado todo o ano passado.

Os passes para gol aconteceram quatro vezes na Copa Libertadores da América, na qual é o líder de toda a competição nesse quesito, outras quatro no Campeonato Paulista, uma na Copa do Brasil e uma também no amistoso internacional realizado no início do ano contra o Kenitra, do Marrocos, no estádio do Pacaembu.

LEIA MAIS:
5 MOTIVOS PARA ACREDITAR QUE O SANTOS VENCERÁ O PAYSANDU

“Lucas Lima vem fazendo um ano diferente, melhorou muito fisicamente. Tem sido diferencial na Libertadores”, disse o técnico do Peixe, Dorival Júnior, em entrevista coletiva logo após a vitória por 3×2 diante do Independiente Santa Fe, da Colômbia, na última quinta-feira (04), em São Paulo.

O contrato do camisa 10 com o Santos tem duração apenas até o término desta temporada. Por isso, a diretoria do clube alvinegro negocia com o atleta, seus representantes e a Doyen Sports, que detém 80% dos direitos federativos, para renovar seu vínculo.

Dentro de campo, Lucas Lima tenta ajudar o time paulista a conquistar mais uma importante vitória nesta quarta-feira (10), às 21h45 (de Brasília), quando enfrenta o Paysandu no estádio Mangueirão pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, o Santos tem vantagem por ter vencido por 2×0.