Kazim elogia ‘goleador’ Jô e afirma: “Corinthians é o melhor time do Brasil”

Kazim Corinthians
Foto: Reprodução/Youtube

O turco Kazim Richards chegou ao Corinthians no início de 2017 e foi abraçado pela fiel torcida alvinegra. Apelidado de “Gringo da Favela”, o atacante foi apresentado no Timão em fevereiro e, atualmente na reserva, trabalha forte para recuperar a titularidade. Apesar da disputa por posição, o jogador de 30 anos reconhece a qualidade de Jô, com quem ‘briga’ por uma vaga entre os ‘11’ de Fabio Carille.

Em participação no programa Bolívia Talk Show, do canal do youtube ‘Desimpedidos’, Kazim falou sobre Jô, que assumiu a titularidade e anotou gols em todos os clássicos no Paulistão 2017. Além disso, o turco afirmou que o Corinthians é o melhor time do país.

LEIA MAIS:

AGENTE ADMITE QUE BALBUENA PODE DEIXAR O TIMÃO PARA JOGAR NA ITÁLIA

Com passagens pelos dois grandes clubes da Turquia, Fenerbahçe e Galatasaray, Kazim disputou 11 partidas oficiais com a camisa do Corinthians e balançou as redes em apenas uma oportunidade.  Apesar de ter sido escalado apenas quatro vezes como titular, três no Paulistão e uma na Copa do Brasil, o turco não desanima e segue buscando seu espaço.

“[A disputa por posição] É normal. Para mim, todo o grande time precisa dessa dificuldade para disputar posição. Porque aqui é o melhor time do Brasil”, falou o camisa 18.

Agora companheiro, Kazim enfrentou Jô quando atuava na Turquia e o camisa 7 do Timão defendia as cores do Manchester City.

“O Jô faz os gols. Ele trabalha muito bem. Eu vou trabalhar também para jogar. Eu quero jogar bem. E o futebol é assim”, disse Kazim. “Jô é um goleador”, analisou o turco.

Kazim também comentou a importância dos gols, não só de Jô, para o time do Corinthians. A felicidade, de acordo com o turco, é coletiva, não individual.

“Eu fico feliz por ele [Jô] e feliz por nós. Porque quando ele faz gol, é para nós. Quando eu ou Rodriguinho fazemos gols, também é para nós”, completou.

Assista ao bate-papo COMPLETO entre Kazim e Bolívia, do Desimpedidos: