Juca Kfouri critica Internacional e chama Novo Hamburgo de “Novo Mazembe”

Internacional
Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação

A derrota do Internacional para o Novo Hamburgo na final do Campeonato Gaúcho fez Juca Kfouri comparar o time do interior ao Mazembe, clube africano que venceu o Colorado na semifinal do Mundial de Clubes da FIFA em 2013. Para o jornalista, a perda do título foi um vexame já que o Nóia tem um investimento consideravelmente menor que o Inter.

“Eu to chamando o Novo Hamburgo de ‘Novo Mazembe’. Porque vão me desculpar, é absolutamente inconcebível que o Inter perca um título para um clube com o nível de investimento do Novo Hamburgo. Parece que os colorados não estão gostando e nem o pessoal de Novo Hamburgo, mas minhas homenagens ao time”, disse durante o programa Linha de Passe.

LEIA MAIS: Juca Kfouri vê Palmeiras ‘menos pronto’ que o Flamengo para o Brasileirão

Juca afirma que o fato da final ser disputada em dois jogos aumentou a obrigação do Internacional de vencer a partida. Depois de empatar no primeiro confronto em 2 a 2, ambas equipe foram ao estádio Centenário sabendo que uma vitória simples garantia o título, mas voltaram a empatar e a decisão ficou para os pênaltis, onde o Novo Hamburgo levou a melhor.

“É inadmissível o Internacional perder um título para o Novo Hamburgo em dois jogos. Em um jogo só, até vai(…). Uma coisa é você aplaudir o Novo Hamburgo. Eu aplaudo. Outra coisa é você olhar do ponto de vista do clube grande. Não pode”.

Estreia na Série B

O Internacional estreia na Série B do Campeonato Brasileiro no próximo sábado (13), às 16h30, diante do Londrina, fora de casa. A equipe de Antonio Carlos Zago tenta superar a derrota e a perda do heptacampeonato consecutivo no estadual. Enquanto isso, o Novo Hamburgo que está classificado para a Série D do Brasileirão não sabe se poderá disputar a competição alegando problemas financeiros.