Inter treina com muitas novidades de olho na estreia na Série B

Internacional
Crédito da foto: Ricardo Duarte/SC Internacional

O técnico colorado Antônio Carlos Zago testou uma nova formação no treinamento desta quarta-feira. Com a semana livre para trabalhar, o treinador vai buscando novas alternativas para a arrancada na Série B – no sábado, às 16h, o Inter encara o Londrina no Estádio do Café, no Paraná.

A atividade teve a ausência de Nico López, que está no Uruguai resolvendo assuntos particulares, e de Edenílson, que sofreu uma entorse no tornozelo direito na final do Gauchão contra o Novo Hamburgo, no domingo, e pode ficar de fora da partida do final de semana. Uendel apenas correu no gramado, mas não chega a preocupar.

LEIA MAIS:

“Vai voltar à elite”, diz Galvão Bueno sobre participação do Inter na Série B

Gre-Nal virtual: ex-volante do Grêmio e Edenílson trocam farpas na internet

Atacante “gordinho” do Novo Hamburgo faz sucesso na web após título

O treinamento comandado por Zago foi de ataque contra a defesa, com as novidades começando já no gol. O jovem Daniel trabalhou entre os titulares e deve jogar contra o Londrina, já que Danilo Fernandes e Marcelo Lomba retomaram a rotina de recuperação das lesões.

William, Léo Ortiz, Cuesta e Iago formaram a linha defensiva, com Rodrigo Dourado logo à frente. Já no setor ofensivo, o treinador indicou uma mudança de posicionamento com relação aos últimos jogos. A nova opção privilegia o formato 4-1-4-1, e em um primeiro momento teve, a partir de Dourado, os seguintes nomes: Eduardo Sasha, D’Alessandro, Felipe Gutiérrez, Marcelo Cirino e Brenner.

Para definir o time de sábado, o Inter aguarda a definição da situação de William Pottker, que é esperado em Porto Alegre nesta quarta-feira. O clube tenta reverter uma suspensão do atleta por conta da expulsão, ainda pela Ponte Preta, em jogo da Copa do Brasil.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.