Inter reclama de pênalti contra o Novo Hamburgo e lance repercute na internet

Inter
Foto: Site Inter

O Inter, mais uma vez, saiu insatisfeito com a arbitragem após uma partida do Gauchão. Desta vez, no jogo de ida da grande final. Depois de empatar em 2×2 com o Novo Hamburgo no Beira-Rio, os colorados esbravejaram contra a arbitragem de Anderson Daronco e pediram dois pênaltis – um deles em Carlos em dividida com o zagueiro Júlio Santos, em lance que rendeu brincadeiras na internet.

“Dois pênaltis claros. Tivemos um pênalti que reconhecemos no campeonato. Em Caxias, tivemos um pênalti claríssimo. Hoje, (mais) dois pênaltis claros. Um no Nico, um biquinho por baixo. E houve um ippon no Carlos dentro da área. É só olhar as fotos e filmagens, se precisar. Pelas minhas contas, são, pelo menos, oito pênaltis não marcados a nosso favor e um contra o Inter”, disparou o vice-presidente de futebol colorado, Roberto Melo.

LEIA MAIS:

Marcelo Lomba chorou no vestiário por causa da grave lesão de Keiller

Danilo Fernandes não se vê mais no Corinthians: “Minha história lá acabou”

Melo também faz referência a um lance em Nico López, quando o Inter já perdia por 1×0, no primeiro tempo. O uruguaio acaba impedido de chutar a bola no bico da grande área, mas Daronco mandou o jogo seguir. Na sua coletiva de imprensa, o técnico Antônio Carlos Zago ainda reclamou de um possível pé alto no volante Anselmo dentro da área, também na etapa inicial.

“E talvez eu deva ler o regulamento de novo para ver se tem algum paragrafo ou algo assim que diga ser proibido dar pênalti para o Internacional”, ironizou Melo.

Sem pênaltis marcados e diante de um valente adversário, o Inter não saiu do empate e adiou a grande decisão para domingo que vem, em estádio ainda a ser definido (Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, ou Centenário, em Caxias). Como não há saldo qualificado, Inter e Novo Hamburgo partem zerados para a finalíssima.

Veja o lance reclamado pelo Internacional:

E a repercussão:

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.