Grande campanha do Novo Hamburgo “não surpreende”, segundo Roberson

Inter
Foto: Site Inter

Um ano depois, Roberson vive o outro lado da moeda. Em 2016, foi um dos principais condutores do Juventude à final gaúcha contra um dos gigantes da capital, o Inter. Agora, é no próprio colorado que o atacante tenta novamente obter o título, mas, pela frente, tem o valente Novo Hamburgo. No jogo de ida, no Beira-Rio, o empate em 2×2 manteve o clima de indecisão até o jogo da volta, a ser realizado no próximo domingo.

Com o Inter em desvantagem de 1×0 no intervalo, o técnico Antônio Carlos Zago lançou Roberson na partida e o atacante tratou de empatar o jogo – em lance que contou com a sorte, já que a bola bateu na cabeça do goleiro Matheus antes de entrar. Após o término do duelo, Roberson conversou com a reportagem do Torcedores.com e não se disse surpreso pela campanha do Novo Hamburgo, que além de estar na final, ainda não perdeu para a dupla Gre-Nal no campeonato.

LEIA MAIS:

Diretor do Novo Hamburgo crava: “Bolaños não amarra a chuteira do D’Alessandro”

Marcelo Lomba chorou no vestiário por causa da grave lesão de Keiller

“Não, acredito que não, que não surpreende. Sempre as equipes do interior gaúcho montam times bons e incomodam. Dessa vez foi o Novo Hamburgo, montou um bom time, bem treinado. Isso é normal no futebol”, frisou o atacante do Inter.

Na primeira fase, o colorado foi derrotado em casa pelo Novo Hamburgo por 2×1 em jogo que os contra-ataques foram decisivos em favor do anilado. Roberson destacou que o Inter está ciente dessa arma adversária

“Nós sabíamos que o time deles marca muito bem. Eles iriam entrar fechadinhos para saírem no contra-ataque. Esse é o jogo deles, e são muito bem treinados assim. Tivemos a maior posse de bola, girando de um lado para outro, fizemos ultrapassagens.. tudo o que tinha que ser feito, fizemos. Mas sabemos que eles se defendem muito bem. Como fizemos dois gols, está tudo em aberto”, comentou.

Roberson, aliás, viveu uma situação curiosa na partida. Entrou após o intervalo e fez o gol de empate, mas logo sentiu um problema muscular e deixou o campo para a entrada de Valdívia. Inter e Novo Hamburgo decidem o título no próximo domingo, às 16h, em local ainda a ser definido. Ou Estádio do Vale, em NH, ou Centenário, em Caxias do Sul.

Ouça a entrevista de Roberson ao Torcedores.com:

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.