Fred elogia Roger e provoca o Cruzeiro: “Na hora da decisão, não dava para eles”

Fred Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini/CAM

Revelado pelo América-MG e com passagem pelo Cruzeiro, Fred conquistou em 2017, com a camisa do Atlético-MG, o seu primeiro título do Campeonato Mineiro. Maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos, o atacante comemorou o troféu e aproveitou para cutucar o time celeste de Belo Horizonte.

No Galo desde 2016, Fred já atuou em 45 partidas e balançou as redes em 28 oportunidades. Neste ano, o camisa 9 – artilheiro do Estadual com 10 gols – acumula 16 gols em 17 jogos.

LEIA MAIS:

ATLÉTICO-MG CAMPEÃO: VEJA QUANTOS TÍTULOS MINEIROS O SEU TIME POSSUI NA HISTÓRIA

ATACANTE EX-PALMEIRAS É ANUNCIADO PELO AMÉRICA-MG PARA DISPUTA DA SÉRIE B

Multi-campeão com a camisa do Lyon, da França, Fred tem em seu currículo muitos títulos a níveis nacional e internacional. No Fluminense, onde atuou por sete anos, o atacante conquistou duas vezes o Brasileirão e uma o Campeonato Carioca. Apesar disso, ainda faltava um título Estadual em seu estado natal.

“É o título que me faltava, é o meu primeiro com a camisa do Galo e o primeiro Campeonato Mineiro. A missão foi cumprida, troféu conquistado e medalha no peito”, comemorou.

O trabalho do técnico Roger Machado também foi exaltado pelo artilheiro. De acordo com o camisa 9, o comandante está acima de outros treinadores do país.

“Temos um treinador diferenciado, o Roger é muito bom, ele é acima da média”elogiou.

Além da conquista do título, a vitória no clássico na final do Campeonato Mineiro fez com que o Galo vencesse o primeiro confronto contra o Cruzeiro em 2017. Nos anteriores, o time celeste havia levado melhor na primeira fase do Estadual e na Primeira Liga.

Segundo Fred, o elenco atleticano sabia que o rival não teria força para levar a melhor nos confrontos valendo taça.

“A gente sofria a pressão por não ganhar do Cruzeiro, mas a gente sabia que na hora da decisão, não dava pra eles”provocou o artilheiro.

 



Estudante do 8º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.