Faça 100 pontos na Primeira Rodada do CartolaFC

Enfim vai começar mais uma temporada do CartolaFC, o Fantasy de Futebol mais popular do Brasil e que já tem milhões de times escalados para a rodada de estreia. Mas o que todos querem mesmo é largar bem na disputa, certo? Alguns dedicam as primeiras rodadas a valorização do patrimônio e acabam economizando na montagem do time.

Eu não sou desses! Vou pra cima pra fazer muitos pontos e obviamente se conseguir uma boa escalação eles irão valorizar naturalmente. Então vou ensinar um passo a passo da estratégia que que utilizo na primeira rodada e que me garante uma pontuação muito boa e as vezes até mais do que os 100 pontos que estou prometendo. Então vamos à ela.

Primeira Parte: A lógica de como fazer 100 pontos

Como você já deve saber todos começamos com 100 cartoletas para escalarmos nosso time na primeira rodada. A princípio pode parecer muito pouco, já que os principais jogadores de cada equipe sempre custam muito caro e fica inviável escalar alguns deles, mas dá pra escalar uma boa equipe e que poderá pontuar muito bem.

Então eu parto de um princípio que aprendi jogando Fantasy da NBA, quando for escalar meu time tenho que conseguir um ponto para cada cartoleta investida. Essa estratégia é muito usada nos EUA pelos jogadores de Fantasy da NBA e escalar sua equipe usando essa regra é o primeiro passo importante para conseguir os 100 pontos logo na primeira rodada.

Segunda Parte: Fazendo a projeção dos jogadores

Outra técnica que aprendi jogando Fantasy da NBA é que quando for escalar um jogador você deve fazer uma projeção de quantos pontos ele pode conseguir em uma determinada rodada do campeonato. Esse ponto é o mais importante da estratégia e depende muito de você ter um bom conhecimento de futebol e dos jogos da rodada. Caso não seja um especialista veja minha matéria Análise da Rodada do Brasileirão.

Vou dar um exemplo pra ficar mais fácil o entendimento de como se faz uma projeção. O primeiro jogo dessa rodada do Brasileirão é Flamengo x Atlético-MG e o principal artilheiro do ano no Brasil, o atacante Fred do Atlético-MG, vai estar em campo. A projeção é feita analisando a real possibilidade de quantos pontos Fred pode fazer enfrentando um forte adversário e fora de casa. Na minha projeção acredito que Fred deve fazer no máximo uns 10 pontos, o que o torna inviável de ser escalado seguindo a primeira regra, pois ele custa 24 cartoletas.

Terceira Parte: Escolhendo o esquema tático

Essa parte é muito importante, mas você não precisa ficar aí pensando em qual utilizar porque eu vou dizer qual esquema você deve utilizar. É o 5-3-2. Isso mesmo, um dos esquemas menos utilizados no Fantasy ao longo da temporada é o ideal para nossa estratégia funcionar.

A razão disso é que temos mais jogadores de defesa, e todos sabemos que os jogadores de defesa são os únicos do CartolaFC que já começam com os pontos bônus caso não sofram gols e esses pontos serão muito importantes para nossa estratégia funcionar. Então é importante escalarmos jogadores que tem grandes chances de não tomarem gols.

Quarta Parte: Escalando a defesa e o técnico

Como foi dito na primeira parte temos que investir 100 cartoletas e conseguir fazer 100 pontos. Escolhido o esquema tático 5-3-2 então vamos começar escalando a defesa e o técnico.

Aqui sua tarefa é bem simples. Você está limitado a gastar apenas 35 cartoletas nesse setor. Isso porque partimos do princípio de que todos os jogadores de defesa farão apenas os 5 pontos que eles ganham por não sofrerem gols, ou seja, temos 5 jogadores de defesa mais o goleiro e o técnico que somados não podem passar o orçamento de 35 cartoletas. No caso do técnico ele é a posição que tem a menor média de pontos do Fantasy, então escalar um mais barato pra investir nos jogadores de linha é uma boa estratégia.

Você pode por exemplo colocar um lateral de 8 cartoletas e um zagueiro de 2 e um técnico de 2, ou todos os atletas custando 5 cartoletas cada um, o importante é não passar do limite de 35 cartoletas, ou se manter o mais próximo disso. Essa economia aqui é importante porque irá sobrar 65 cartoletas para investirmos nos 5 jogadores de ataque.

Quinta Parte: Escalando o ataque

Agora chegou a melhor hora, escalar os meias e atacantes. Se você seguiu a risca a regra de não ultrapassar o limite de 35 cartoletas para defesa e técnico verá que temos muitas opções de escalação com as 65 cartoletas que sobraram. O importante aqui é fazer a projeção de maneira correta e condizente.

No caso de Fred para que ele valesse a pena ser escalado ele teria que fazer 24 pontos, ou seja, três gols na equipe do Flamengo que tem uma média de gols sofridos baixa nesse começo de temporada. Um pouco improvável de Fred fazer três gols, não?

Agora pense do lado contrário, e Paolo Guerrero, é uma boa opção seguindo essa regra da projeção? Sim, pois ele custa 18 cartoletas e para atingir sua meta de 1 ponto por cartoleta ele teria que fazer dois gols e duas finalizações, ou um gol, uma assistência e algumas finalizações e jogando em casa contra uma defesa fraca da equipe atleticana é bem provável que possa acontecer.

Considerações Finais

Ah mas eu não posso escalar um goleiro que custa 15 cartoletas se tenho certeza que ele não vai tomar gol e vai fazer várias defesas difíceis? Nada impede que você ultrapasse o limite de gasto proposto para os jogadores de defesa e técnico se você tem certeza de que esse jogador irá muito bem e conseguir atingir a meta de um ponto por cartoleta que ele custou.

Só fique atento para que você não gaste muito atrás e não sobre cartoletas suficientes para escalar bons jogadores na frente. O mais importante para essa estratégia funcionar é fazer a projeção correta dos atletas que você pretende escalar e torcer para que eles façam uma boa pontuação.

E lembre-se que você também pode ser surpreendido com um gol de algum zagueiro ou lateral que escalou, assistência ou algumas roubadas de bolas extras que podem ajudar e muito a atingir a meta dos 100 pontos ou mesmo compensar algum jogador que foi mal nessa rodada. Tenha em mente a meta 1 ponto por cartoleta gasta! Então bora mitar!