F1: Kimi Räikkönen lidera último treino livre para o GP da Espanha

Foto: Ferrari

Kimi Räikkönen foi o piloto mais rápido do último treino livre para a disputa do Grande Prêmio da Espanha, quinta etapa da temporada 2017 da Fórmula 1. Na atividade realizada na manhã deste sábado (13) no circuito de Barcelona, o finlandês da Ferrari obteve na segunda metade da sessão a marca de 1min20s214, usando os compostos macios.

A segunda posição ficou com Sebastian Vettel, que com a outra Ferrari, foi 0s242 mais lento que o companheiro de equipe. Lewis Hamilton, piloto mais veloz da sexta-feira, não passou da terceira posição com a Mercedes, enquanto Valtteri Bottas, que sofreu com uma falha na unidade de força e só foi à pista nos dez minutos finais, ficou com o quarto melhor tempo.

Max Verstappen apareceu na quinta colocação, e viu Daniel Ricciardo, seu companheiro na Red Bull, ficar com o sexto posto. Nico Hülkenberg mostrou o bom desempenho da Renault no final de semana e garantiu o sétimo tempo, enquanto Felipe Massa levou a Williams ao oitavo tempo. Carlos Sainz foi o nono com a Toro Rosso, e Fernando Alonso fechou o top-10 com a McLaren.

A partir das 9h, pelo horário de Brasília, acontece a definição do grid de largada para o Grande Prêmio da Espanha, que será disputado neste domingo (14), também às 9h.

Confira como foi o treino

A atividade começou pontualmente às 6h com diversos pilotos partindo à pista, o que não aconteceu com Valtteri Bottas, que viu a Mercedes trabalhar na unidade de força de seu carro. A primeira volta rápida da atividade foi a de Fernando Alonso, com 1min29s225, utilizando pneus duros em sua McLaren.

Esteban Ocon rapidamente tomou a liderança da atividade, ao marcar 1min24s944, com os compostos médios, melhorando sua marca na sequência. Kimi Räikkönen colocou a Ferrari na frente com 15 minutos de sessão, ao registrar o tempo de 1min22s494, enquanto Sebastian Vettel pulou para segundo.

Romain Grosjean avançou ao quarto posto com a Haas, caindo uma posição um pouco depois, quando Lewis Hamilton pulou para a segunda posição com a Mercedes. Alonso retornou à pista na abertura da meia hora final de treino e colocou a McLaren na nona posição.

Restando 22 minutos para o encerramento da atividade, a Ferrari mandou seus pilotos à pista com os pneus macios, e Räikkönen melhorou seu tempo para 1min20s214, marca dois décimos melhor que a obtida por Vettel. Pouco depois, Hamilton voltou a rodar pelo circuito, e fez o terceiro tempo.

Felipe Massa voltou à pista quando restavam 12 minutos para o final do treino, e pulou para a quinta posição, ficando logo à frente de Lance Stroll. Pouco depois, o carro de Vettel apagou no pit lane, e precisou ser empurrado pelos mecânicos da Ferrari.

A Mercedes finalmente mandou Bottas à pista nos dez minutos finais da atividade, e o viu se colocar na quarta posição. Carlos Sainz pulou para o sexto lugar um pouco depois. Alonso voltou a se colocar na décima posição quando restavam três minutos para o término da atividade, que foi finalizada com Räikkönen na frente.

Foto: Ferrari



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.