La U espera público de 30 mil e aposta em boa fase para eliminar o Corinthians

Divulgação La U

Não é só o Corinthians que pode se orgulhar de viver uma boa fase. A Universidad de Chile, adversária do campeão paulista nesta quarta-feira (10), em Santiago, pela Copa Sul-Americana, também está embalada. Os “universitários”, como são conhecidos os jogadores da equipe no país, estão na vice-liderança do campeonato local e venceram três dos últimos cinco jogos – também tiveram um empate e uma derrota. Na sexta-feira passada (05), golearam o Cobresal por 4 a 0.

“Desde o jogo em São Paulo os dois times tiveram uma evolução. Por isso espero que seja uma partida com muito mais qualidade”, disse o lateral-esquerdo Jean Beausejour ao jornal chileno La Tercera. O jogador, que também defende a seleção chilena, não esteve em campo na partida de ida, na Arena Corinthians, no mês passado, devido a uma lesão muscular, mas está recuperado.

LEIA MAIS: CAMPEÃO, CORINTHIANS DOMINA AS MAIORES AUDIÊNCIAS DA GLOBO NO PAULISTÃO
CÁSSIO TEM MAIS TÍTULOS QUE PALMEIRAS, SANTOS E SÃO PAULO NOS CINCO ANOS DE CORINTHIANS
CORINTHIANS GARANTE NÃO PERDER NENHUM ATLETA E DÁ PRAZO PARA FECHAR COM CLAYSON

Segundo a imprensa local, são esperados pelo menos 30 mil pagantes no estádio Nacional de Santiago. “Sabemos que teremos um grande público. Estaremos com nossa gente e tomara que tenhamos todas as condições para reverter o confronto”, completou Beausejour.

“La U” precisa vencer por três gols de diferença para avançar à próxima fase ou por 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis. O time chileno foi campeão da Sul-Americana em 2011, sob o comando de Jorge Sampaoli, hoje técnico do Sevilha e favorito para assumir a seleção argentina.