Em entrevista, Otero revela desejo de jogar na Europa e fala qual time admira no Velho Continente

Otero, meia do Atlético-MG
Crédito da foto: Bruno Cantini/CAM

O meio campista venezuelano Romulo Otero chegou ao Atlético-MG no ano passado sobre olhares de desconfiança, poucos o conheciam e muitos nunca tinham ouvido falar dele, mas aos poucos o meia foi mostrando seu valor e logo caiu nas graças da torcida do Galo, tanto que o clube acabou comprando o jogador em definitivo antes do vencimento de seu empréstimo. Em entrevista ao Goal Brasil, o venezuelano revelou um desejo de jogar na Europa, admiração pelo Real Madrid e pelo atacante Robinho, hoje seu companheiro de time.

Nos últimos anos, o Atlético-MG tem investido pesado no mercado Sul-Americano e vem obtendo sucesso, foi assim com Otamendi, Dátolo, Lucas Pratto, Cazares e mais recentemente Otero.

LEIA MAIS:
POR REDE SOCIAL, MARCOS ROCHA VOLTA A PROVOCAR O CRUZEIRO
POR REDE SOCIAL, DÁTOLO COMEMORA TÍTULO DO ATLÉTICO-MG E PROVOCA O CRUZEIRO

O meia chegou no ano passado, por empréstimo junto ao Huachipato do Chile. Em poucos meses, o jogador caiu nas graças da torcida e conquistou seu espaço no time, fato que o fez ser comprado pelo valor de US$ 1,5 milhão.

Hoje, com apenas 24 anos, o meia revelou vontade de se transferir para a Europa e até citou um time que admira bastante. “Sempre gostei do Real Madrid. Sempre vi o Robinho jogando no Real Madrid e nunca pensei em ser companheiro dele. Não tenho um time assim… Eu gosto do Real Madrid, mas não penso duas vezes se tiver a chance de ir para a Europa”, afirmou ao Goal Brasil.

O venezuelano disse também como é jogar ao lado de um de seus ídolos de infância, o atacante Robinho. “Quando eu cheguei pela primeira vez no Galo, eu cumprimentei todo mundo, mas não vi ele. Ele me viu e veio me cumprimentar. Eu fiquei olhando pra ele o tempo todo, sabe? Meio bobo. Eu jogava videogame com ele, assistia ele na TV no Real Madrid e é um craque. Estar com ele no vestiário, com ele perto, brincar com ele, falar com ele, é algo que eu nunca imaginei na minha vida”, disse.

O Atlético-MG é apenas o terceiro clube na vida de Otero, antes do Galo e do Huachipato, o meia passou seis anos no Caracas-VEN. Vale lembrar que o jogador é constantemente convocado para a Seleção de seu país, inclusive fez parte do grupo que disputou a Copa América em 2016.



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.