Dirigentes e jogadores do Palmeiras ‘fogem’ da imprensa na festa do Paulistão

Renan Prates/Torcedores.com

Os dirigentes e jogadores do Palmeiras tiveram participação muito discreta na festa de premiação dos melhores do Paulistão neste ano. Eles ficaram pouco tempo na cerimônia e fugiram da imprensa.

O presidente do Palmeiras, Mauricio Galliote, e o diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, não ficaram sequer trinta minutos no Espaço das Américas, local onde foi realizada a cerimônia em São Paulo. Eles chegaram e saíram em uma van do Verdão, escoltados por um segurança do Palmeiras, longe do local onde estavam os jornalistas.

LEIA MAIS:
CORINTHIANS DOMINA A SELEÇÃO DO CAMPEONATO PAULISTA; VEJA A LISTA
POTTKER VENCE COMO ARTILHEIRO, CRAQUE DO INTERIOR E DO PAULISTÃO

O zagueiro Mina e o volante Felipe Melo, que entraram na seleção dos melhores do Paulistão, eram aguardados na zona mista do evento pelos jornalistas, mas por uma decisão do Palmeiras eles acabaram não falando com a imprensa. A explicação da assessoria foi de que “era uma festa de comemoração do Corinthians”.

Mina e Felipe Melo sequer aguardaram a premiação até o fim. Eles receberam o troféu, posaram para fotos e foram embora. O mestre de cerimônias do evento, Felipe Andreoli, chamou o zagueiro colombiano para brincar com a sua fama de danças nas comemorações, mas quando o procurou, viu que ele não estava mais na festa.

Renan Prates/Torcedores.com

Veja como foi a premiação dos melhores do Paulistão



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com