Dirigente do Fluminense admite reforçar o elenco com atletas da base em 2017

Fluminense
Fernando Veiga(E) ao lado de Pedro Abad. Foto: Nelson Perez/Fluminense FC

Durante entrevista à Rádio Brasil, o vice-presidente Fernando Veiga falou sobre a situação financeira do Fluminense e os problemas que o clube passa para trazer novos reforços para a sequência deste ano. O dirigente admitiu a chance de suprir as carências do elenco tricolor com jogadores de Xerém e do Samorim.

“Não é nenhuma novidade a situação financeira que o clube atravessa. Não podemos comprar jogadores, adquirir direitos econômicos. Temos uma base forte, projeto que dá rodagem a diversos jogadores. A ideia é aproveitar a base, o Fluminense Samorin, para suprir carências do elenco. Hoje saiu uma reportagem em revista nacional falando sobre a situação do Fluminense. É bem por aí. Não podemos fazer loucuras. Temos preocupação com o futuro do clube. Num momento de dificuldade, vamos olhar para dentro de casa, para a base e o Samorin. Temos muitos jogadores emprestados, retornando, tem o Samorin. Temos posições carentes, pedidas pelo treinador. Podemos suprir dentro de casa e não necessariamente gastar um dinheiro que não temos”, diz.

LEIA MAIS:
CONFIRA A PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO FLUMINENSE PARA O JOGO CONTRA O SANTOS
GUILLERMO ESBOÇA ESCALAÇÃO DO BOCA JUNIORS PARA O CLÁSSICO CONTRA O RIVER PLATE

Questionado sobre trazer novos reforços, Fernando Veiga mandou um recado ao torcedor tricolor e deixou claro que o elenco não tem condições de realizar novas contratações para este ano e mesmo assim acredita que o time de Abel Braga entra no Brasileirão para buscar o título. Caso seja necessário negociar um atleta no meio do ano, o dirigente não descarta essa possibilidade.

“Não temos condições de fazer contratações. A situação do clube não nos permite. Entramos no Brasileiro para disputar título. Não chegamos a ganhar o Carioca, mas fomos muito bem. A importância do Abel é muito grande. Ele é um treinador que abraçou a nossa filosofia. Pelo potencial de nossos jogadores, acredito que tenhamos propostas no meio do ano. Vamos analisar e se for necessário e benéfico ao clube, negociar jogadores”, declarou Veiga na mesma entrevista à rádio.



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com