Dirigente do Corinthians dá declaração polêmica sobre ida de Pottker ao Inter

Corinthians
Crédito da foto: Fabio Leoni/PontePress

O Inter já está na expectativa para receber o atacante William Pottker, que se apresentará no Beira-Rio na próxima semana, logo após concluir o Campeonato Paulista com a camisa da Ponte Preta. O negócio está sacramentado há alguns meses e o clube gaúcho acertou a transação depois que o Corinthians, curiosamente o rival da Macaca na decisão paulista, desistiu da contratação.

Ainda em fevereiro, o Inter anunciou a contratação do atacante por um período de quatro anos, mas, segundo Flávio Adauto, diretor de futebol do Corinthians, a passagem de Pottker pelo Beira-Rio será bem mais breve que o estipulado no contrato. O cartola do Timão disse que, em um curto espaço de tempo, o jogador estará no futebol da China.

LEIA MAIS:

Hepta vem aí? Coincidências entre o atual Gauchão com o de 2005 chamam a atenção

Diretor do Novo Hamburgo crava: “Bolaños não amarra a chuteira do D’Alessandro”

Marcelo Lomba chorou no vestiário por causa da grave lesão de Keiller

“Se o jogador vier a jogar na seleção, será ótimo. Pelo que sei o futuro a curto prazo é o futebol chinês. Será uma passagem pelo Inter”, disse Adauto, em entrevista à Rádio Bandeirantes, de São Paulo. Em outras palavras, o dirigente corintiano quis dizer que o Inter será apenas uma “ponte” na carreira de Pottker rumo ao exterior.

Adauto relembrou como se deu a negociação entre Corinthians e Ponte Preta pelo jogador. Ele minimizou o fato de Pottker ter sido escalado pela Macaca na Copa do Brasil e garantiu que isso não foi o fator decisivo para a desistência.

“Ele atuar pela Ponte na Copa do Brasil foi apenas a gota d’água. Os termos do contrato não favoreciam o Corinthians, não aceitamos. O departamento jurídico sugeriu que não fizéssemos”, acrescentou o dirigente.

William Pottker, um dos goleadores do Brasileirão de 2016 com 14 gols, será um dos três reforços para o ataque colorado na Série B, que começa daqui a dois finais de semana. Além dele, o Inter terá Marcelo Cirino, que chegou do Flamengo, e o retorno de Eduardo Sasha, que volta de lesão.

*Este artigo tem parceria com a Fan Page “Como é Bom Ser Colorado” – curta abaixo!

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.