Cuca explica por que voltou ao Palmeiras e revela como foi conversa com Mattos

Cuca
Foto: Reprodução/TV Palmeiras

Cuca está oficialmente de volta ao Palmeiras. Nesta terça-feira (9) o técnico foi apresentado no CT do clube ao lado do presidente Maurício Galiotte e explicou os motivos do seu retorno ao time em que foi campeão brasileiro em 2016. Depois de sair por questões pessoais, o treinador afirmou que estava em negociação com um clube da China, mas que o carinho pelo Verdão falou mais alto.

“Eu estava com alguma dúvida, sinceramente, em voltar ao Palmeiras, porque é muito precoce. Tinha condição de sair também. Um dos motivos que me fez vir foi o conhecimento de casa que tenho. É um trabalho muito difícil, responsabilidade muito maior, mas com conhecimento de casa bom, o que abrevia o trabalho. Todos sabem o carinho que tenho pelo clube”, disse.

LEIA MAIS: Palmeiras exibe nova camisa durante apresentação; veja

O técnico também falou da conversa que teve com o diretor de futebol Alexandre Mattos. Além de negar qualquer problema com o dirigente e com jogadores do elenco alviverde, Cuca afirmou que já estava pronto para voltar a trabalhar depois de seis meses de férias.

“Eu saí no começo de dezembro, quando avisei que não iria ficar por motivos familiares. Pretendia dar uma atenção maior e dei à família. Não determinei prazo específico de quando ficaria parado. Em teoria, cinco, seis meses, como acabou acontecendo. Na sexta-feira, recebi ligação do Alexandre sobre um possível retorno meu”, contou.

“Ele disse que se eu não viesse, viria outro. Eu estava até em negociação no mercado asiático. Se não viesse para cá, iria para lá. Já estava em condição de trabalhar, ainda que não tivesse feito o que queria, que era ver alguns treinos no mercado europeu”, concluiu.

A estreia de Cuca no comando palmeirense acontece no próximo domingo (14) na primeira partida do time no Campeonato Brasileiro, contra o Vasco, no Allianz Parque.