Conmebol define suspensão de seis jogos para Felipe Melo na Libertadores

Palmeiras
Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Na tarde desta sexta-feira, a Conmebol definiu a suspensão para os jogadores envolvidos na briga que aconteceu no Estádio Campeon Del Siglo, em Montevideu, ainda em abril quando Peñarol e Palmeiras se enfrentaram. Entre os punidos, está Felipe Melo, que atingiu um soco em um jogador do time uruguaio.

A entidade do futebol sul-americano definiu que o volante palmeirense terá que cumprir seis jogos de suspensão na competição internacional. Um deles já foi cumprido, na derrota palmeirense para o Jorge Wilstermann, na Bolívia.

LEIA MAIS: Tchê Tchê diz qual o esquema que prefere jogar no Palmeiras

Os outros cinco serão pela última rodada da fase de grupos contra o Atlético Tucuman e os dois jogos das oitavas e quartas de finais da competição, caso o Palestra continue avançando no torneio.

Além da punição em partidas, o clube também terá de pagar uma multa de 10 mil dólares para a Conmebol. O clube uruguaio também terá de pagar a multa no mesmo valor e os jogadores Matías Mier, Nahitan Nández e Lucas Hernández, que também estiveram envolvidos na briga, pegaram cinco jogos de suspensão.

De acordo com a assessoria de imprensa do Palestra Italia, a ação cabe recurso, mas pelo menos três jogos o camisa 30 terá que cumprir. O Verdão entrará com recurso na semana que vem.

Na próxima semana, Palmeiras e Peñarol deverão ser informados de punições para o clube. A perda de mando de campo pode ser uma das punições.

O Verdão agora se concentra para o Campeonato Brasileiro, quando enfrentará o Vasco da Gama pela primeira rodada da competição. O próximo jogo pela Libertadores acontecerá somente no dia 24 de maio, contra o Tucuman.

 

 



Jornalista formado pela FIAM FAAM. Apaixonado por futebol independente do país ou divisão. Setorista do Inter e esportes olímpicos. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com