Conheça Lucas Romero, atleta do Cruzeiro pretendido pelo Palmeiras

Lucas Romero
Divulgação/Site Oficial do Cruzeiro

Palmeiras e Cruzeiro trabalham nos bastidores visando mais uma troca de jogadores. Depois de Lucas e Robinho por Fabrício e Fabiano, a bola da vez no Verdão é receber o volante argentino Lucas Romero e ceder à Raposa o atacante Rafael Marques. A informação foi ventilada pela Rádio Globo de São Paulo e repercutida pelo jornal mineiro Superesportes.

Procurado pela reportagem de Minas Gerais, o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, disse não ter nada a declarar sobre o caso. Já o empresário de Lucas Romero, Alberto Stagliano, disse desconhecer o interesse alviverde e afirma que procura clubes para o seu jogador na Europa.

LEIA MAIS
Opinião: Éverton Ribeiro pode chegar ao Palmeiras por 6 motivos
Veja os outros novos uniformes do Palmeiras

Mas a torcida do Palmeiras está curiosa para conhecer um pouco mais sobre o volante argentino. Nascido em Buenos Aires, Lucas Romero possui 23 anos recém completados em abril. Chegou ao Cruzeiro após se formar e atuar pelo Vélez Sársfield, entre 2001 e 2016. Atuou em 45 oportunidades pelo time mineiro desde que chegou, tendo marcado apenas um gol em cobrança de pênalti.

Em 2017, Lucas Romero disputou apenas cinco partidas pela Raposa. O jogador foi utilizado principalmente em jogos da Primeira Liga, competição menos valorizada pelo Cruzeiro na temporada. Não marcou gols e recebeu três cartões amarelos. Em competições de maior relevância, às vezes sequer é relacionado para o banco de reservas.

POLÊMICA

Um dos lances em que o volante é mais lembrado no Brasil foi em um pisão nas costas de González, atleta do Coritiba. O time mineiro acabou derrotado por 1 a 0 no Couto Pereira e Lucas Romero expulso de campo por conta desta agressão. Relembre:

VÉLEZ SARSFIELD

Seu melhor momento na carreira, sem dúvida, foi no Vélez. Tanto que acabou despertando o interesse do Cruzeiro, em 2016. No vídeo abaixo é possível ver bons lances, jogadas e gols do jogador que pode estar chegando para reforçar o Palmeiras.

VISÃO DE UM CRUZEIRENSE

O Torcedores.com conversou com o jornalista Gilberto Ribeiro, mineiro torcedor do Cruzeiro que reside em São Paulo. No ping-pong abaixo, o torcedor palmeirense poderá conhecer ainda mais Lucas Romero com a visão de um torcedor exigente. Será que essa troca envolvendo Rafael Marques será boa para os clubes?

[TORCEDORES.COM] Como o jogador atuava pelo Cruzeiro? Acredito que de volante, mas parece que já quebrou o galho de lateral…

[GILBERTO RIBEIRO] A posição do Romero é volante mesmo. Chegou a atuar mais como segundo volante, saindo um pouco pela direita, com o Henrique de primeiro, quando o Mano assumiu o Cruzeiro em 2016, mas perdeu a vaga com o retorno do Robinho. Como estava mais naquela faixa do campo e o Cruzeiro teve muitos problemas com a lateral direita, o jogador foi improvisado na posição, no final da temporada passada. Mas é volante.

[TORCEDORES.COM] Por ser argentino, demonstra aquela raça típica? É aplicado em campo?

[GILBERTO RIBEIRO] Ele é um jogador de muita pegada, sim. Às vezes até demais. Por ser muito novo, ele mostra certa ansiedade. No Cruzeiro teve expulsões bobas e tomou dribles que não deveria, por entrar com vontade até demais em alguns lances. Mas tem sempre o lado bom da juventude: há espaço para evoluir.

[TORCEDORES.COM] O jogador não conseguiu se firmar no Cruzeiro. No seu ponto de vista, o que aconteceu?

[GILBERTO RIBEIRO] Acredito que nossas expectativas quanto a ele foram irreais. Contratamos o jogador imaginando que seria a solução para o setor. Acredito que foi um misto de coisas: os lances infantis, expulsões desnecessárias, dribles por “excesso de fome” atrapalharam muito, acredito, mas o planejamento de elenco (e treinadores) do Cruzeiro em 2016 também contribuiu para isso. Antes da chegada do Mano, com Deivid e Bento, era uma bagunça em campo, o que dificulta muito a vida de um atleta recém chegado a um novo país. Acredito, também, que o Mano não goste do futebol do Romero, que só foi perdendo posição na fila, desde a chegada do treinador.

[TORCEDORES.COM] Por ser volante, ele é mais do tipo técnico ou “brucutu”?

[GILBERTO RIBEIRO] Não diria que é um volante “brucutu”, pois não é aquele cara que não tem intimidade nenhuma com a bola. Mas definitivamente é um volante de mais pegada do que de técnica. Com o tempo e um trabalho bem feito, pode evoluir bastante tecnicamente.

[TORCEDORES.COM] Vai fazer falta no Cruzeiro?

[GILBERTO RIBEIRO] Acredito que não. Hoje Henrique, Hudson e Cabral têm atuado bem e o Romero não foi bem quando deslocado para a lateral. O time tem deficiências claras, mas, até aqui, os volantes vão bem na temporada.

[TORCEDORES.COM] Acredita que seja uma boa troca com Rafael Marques? O atacante chegaria para ser titular no Cruzeiro?

[GILBERTO RIBEIRO] É uma troca justa, digamos. Não sei dizer, ainda, se boa. Vejo o Rafael como bom nome para compor elenco e o Cruzeiro precisa de mais. Precisa daquele cara que já chega tomando a vaga, principalmente no setor ofensivo. Mas, com as dificuldades de Sóbis, Ábila, Thiago Neves, entre outros, para encontrarem consistência, o Rafael pode acabar ganhando a vaga no time, mesmo não sendo o nome que precisamos no momento.

[TORCEDORES.COM] Em suma, qual a sua opinião sobre mais essa provável troca entre Cruzeiro e Palmeiras?

[GILBERTO RIBEIRO] Acho que é uma troca boa, sim. Mas nada que as torcidas tenham que comemorar demais. Não vejo nenhum deles fortalecendo muito os times para os quais vão. Mas a tendência é que ambos tenham mais oportunidades do que vêm tendo.

Foto: Divulgação/Site Oficial do Cruzeiro