Cleber brinca sobre problema no joelho: ‘Se eu danço, como é que atrapalha?’

Reprodução/Santos TV

Nesta quarta-feira (10), o Santos terá pela frente o Paysandu, pela Copa do Brasil. Uma das novidades do Peixe para esta partida é o zagueiro Cleber, que entrará na no lugar do lesionado David Braz e será titular da defesa do Peixe.

O defensor comemorou a chance de voltar a ser titular santista, depois de ficar um longo tempo sem jogar se tratando de um problema de realinhamento do joelho.

LEIA MAIS

JORNAL INGLÊS ELEGE OS 25 MELHORES DEFENSORES DO MUNDO

IDA DE POGBA AO UNITED SERÁ INVESTIGADA PELA FIFA, DIZ AGÊNCIA

VEJA O RANKING DAS DEFESAS MENOS VAZADAS ENTRE OS TIMES DA SÉRIE A EM 2017

“Acontece do jogador sentir algo e vir outro suprir. Todos tem qualidade aqui. Sabemos do risco de alguém se machucar. Vou fazer a minha parte e demonstrar meu trabalho. Temos grande vantagem, mas queremos fazer outra nestes 90 minutos”, disse o zagueiro do Santos em conversa com a imprensa nesta terça-feira (9).

Cleber também falou do tempo longe dos gramados e ressaltou que está em boa forma e não tem nenhum tipo de lesão grave que o impeça de jogar ou de fazer outras coisas.

“Lesão tive no ano passado. Mas aconteceram algumas coisas fiscamente, não só no joelho. Fiquei um bom tempo sem jogar e estamos trabalhando por ritmo maior e força. Mas não estou gordinho não, estou forte. Trabalhando normal. Não jogo por opção mesmo, temos que acatar e respeitar. Agora é dar continuidade e vamos ver no que dá esse joelhinho. Não atrapalha, se eu danço, como é que atrapalha”, brincou.

 

(Crédito da foto: Reprodução/Santos TV)