Eliminado no Morumbi, Rogério Ceni alerta: “É preocupante”

Desconhecido no Brasil, o Defensa Y Justicia fez jus ao nome, segurou o São Paulo no Morumbi e avançou na Sul-Americana.

“Não acho que foi vexame, mas quem quer que fosse o adversário, a gente vem aqui sempre para vencer. A campanha em si não é das piores. As eliminações, sim, são o que realmente importam e preocupantes no sentido de que não conseguimos chegar”, comentou Rogério Ceni na sala de imprensa do Morumbi.

O técnico ressaltou que o São Paulo tem 11 vitórias, nove empates e quatro derrotas na temporada. No entanto, nos últimos três jogos no Morumbi o tricolor não venceu (duas derrotas e um empate para Cruzeiro, Corinthians e Defensa Y Justicia). O ex-goleiro sabe que agora só há uma alternativa. “A pressão é natural e sempre existe. Nos resta o Brasileiro e temos que focar. As convicções são de um time que ataca bem, que vai tentar se recompor mais rápido”, completou ele.

A estreia do São Paulo no Brasileirão acontece no domingo (14) no Mineirão contra o Cruzeiro. O time celeste também sofreu dois baques nesta semana (domingo perdeu o título mineiro para o Atlético-MG e nesta quarta foi eliminado pelo Nacional-PAR na Copa Sul-Americana).

O Brasil ainda tem como representantes na Sul-Americana o Corinthians, Fluminense, Sport e a Ponte Preta.