Capitão do Cruzeiro pede time de cabeça erguida para desafio na Sul-Americana e vislumbra conquistas

Foto: Washington Alves / Cruzeiro

O Cruzeiro não tem tempo para lamentar a perda do título no campeonato estadual. A Raposa perdeu para o maior rival e logo em seguida, o capitão da equipe, Henrique já falou, em entrevista ao site oficial do clube, sobre o desafio de enfrentar o Nacional do Paraguai pela Copa Sul-Americana, fora de casa, na quarta-feira, 10.

O camisa 8 disse que o Cruzeiro vai em busca da classificação na competição continental, mesmo com todas as adversidades que espera a Raposa. O futebol é dinâmico, e por isso, o atleta pediu foco no próximo jogo para esquecer a derrota.

Leia mais:

MANO VÊ EM DERROTA LIÇÕES PARA PRÓXIMAS DECISÕES DO CRUZEIRO
CRUZEIRO É DERROTADO PELO ATLÉTICO-MG; VEJA AS NOTAS DOS JOGADORES

“Vivenciamos isso há bastante tempo. Sabemos que temos que passar por cima das adversidades, de situações como essa. O próximo jogo já é logo em cima e precisamos estar preparados para estar bem mentalmente, bem fisicamente. É mais um jogo importante e vamos lá sabendo que as dificuldades vão ser grandes. Temos confiança que temos condições de ir lá e fazer um bom trabalho”, contou.

Para superar mais um decisão nesta semana, o capitão do Cruzeiro espera o time mais forte e marcador como foi até agora. Só assim será possível conquistar a vaga.

“Sabemos que jogos de torneios sul-americanos são mais disputados. Os árbitros deixam jogar mais e vai ser bem disputado. Precisamos ir lá, marcar bem e ter contragolpe forte, jogar o nosso futebol. Só dessa forma que estamos fazendo, demonstrando, é que vamos carimbar nossa classificação”, salientou.

Em 2013, o Cruzeiro perdeu o titulo do Campeonato Mineiro para o rival e depois acabou conquistando o Brasileirão. A Raposa venceu todos os 19 oponentes do Torneio. No entanto, Henrique não quer saber de comparações. “É uma lembrança boa. Claro que a partir daquele momento tomou um corpo maior ainda o time. Mas, precisamos ter consciência e não se apegar ao que aconteceu. Precisamos construir uma história. Vamos buscar isso, uma equipe coesa, forte, fechada. Estamos trabalhando, é um grupo bom e que tem muito a conquistar. Mesmo que aquela lembrança seja boa, passamos por essas mesmas dificuldades, mas a gente vai confiante, sabendo dos nosso ideais. Temos muito ainda a conquistar.”

Essa semana também começa o Brasileirão e o Cruzeiro vai em busca do penta. Na Sul-Americana, o time venceu o primeiro jogo no Mineirão por 2 a 1 e joga por um empate no Paraguai.



Sou apaixonado por esportes e política. Escrever é minha paixão. A vida é muito intensa para ser editada em palavras!